Dadá Alves

Dadá Alves

Curabitur ultrices commodo magna, ac semper risus molestie vestibulum. Aenean commodo nibh non dui adipiscing rhoncus.

Paciente que havia sido transferida para outro hospital morreu na manhã desta segunda-feira

 

 

Subiu para 12 o número de mortos em decorrência do incêndio que atingiu o Hospital Badim na última quinta-feira. Uma paciente que havia sido transferida para o Hospital Copa D´Or morreu na manhã desta segunda-feira, segundo nota divulgada pela assessoria do grupo.

"Informamos com profundo pesar que uma paciente transferida do Hospital Badim para o Hospital Copa D´Or veio a óbito na manhã desta segunda-feira. Ressaltamos que todos os esforços e dedicação das equipes médicas envolvidas foram empenhados para a recuperação da paciente, assim como tem sido feito diariamente no atendimento prestado", diz a nota.

Segundo a assessoria da unidade, uma funcionária deu entrada na noite de sexta-feira, no Hospital Copa D´Or, com sintomas possivelmente decorrentes do incêndio. "Seguimos acompanhando a evolução do quadro clínico dos pacientes, colaboradores e familiares que deram entrada nas unidades hospitalares do estado."

Permanecem internados no Hospital Copa D´Or 54 pacientes do Hospital Badim, além de dez funcionários e familiares.

 

Fonte:CP

Gigantes de streaming apostam em clássicos da TV para competir no mercado

Empresas gastam centenas de milhões de dólares para adquirir séries consagradas como "Friends"

 

Quanto as plataformas de streaming pagam para que os clientes possam assistir séries consagradas de televisão como "Friends", a versão americana de "The Office" ou "The Big Bang Theory"? Centenas e centenas de milhões de dólares. À medida que os serviços intensificam a disputa com novos rivais para atrair audiência, os programas clássicos da TV se transformam na joia da coroa. "É uma guerra corpo a corpo", afirma Dominic Caristi, professor de Comunicação na Ball State University.

A Netflix lançou mais de 140 produções próprias em 2018, mas a série mais assistida em sua plataforma foi "The Office", do canal tradicional NBC e que chegou ao fim há seis anos. De acordo com o sistema de audiência Nielsen, "Friends" aparece logo depois de "The Office" e supera com folga qualquer produção da gigante do streaming. Em 2021 a Netflix terá que ceder os direitos da série protagonizada pelo gerente da empresa Dunder Mifflin, Michael Scott (Steve Carell), e sua equipe, quando o programa se mudará para a plataforma de vídeo da NBCUniversal, um acordo que custará quase 500 milhões de dólares em cinco anos.

A empresa também terá que renunciar, a partir de 2020, o seriado "Friends", que seguirá para a plataforma HBO Max, da WarnerMedia, em troca de 425 milhões de dólares durante cinco anos. E as especulações mencionam o desejo da HBO Max de adquirir os direitos das comédias "The Big Bang Theory" e "Two and a Half Men" por um valor que pode ficar próximo de 1,5 bilhão de dólares.

Quando a Netflix entrou no negócio da TV, em 2010, as redes de televisão e os estúdios seguiam a tendência de usar a plataforma como terceira opção para obter rendimentos de suas produções: primeiro a exibição original, depois as reprises e em seguida Netflix. Foi uma maneira fácil de faturar com seus investimentos. Porém, com quase 160 milhões de assinantes em todo o planeta,  a Netflix é uma ameaça direta para as empresas tradicionais da indústria da televisão, que agora iniciam os contra-ataques.

"As pessoas querem uma experiência que possam compartilhar. Nos anos dourados da televisão, sempre falamos sobre programas a respeito dos quais as pessoas conversavam no dia seguinte no trabalho", destaca Caristi. "As séries que têm mais tempo, como 'Friends', têm uma audiência cumulativa. Pessoas que assistiram nos anos 1990 quando foi ao ar pela primeira vez. Pessoas que assistiram as reprises. E as pessoas que estão assistindo agora. E assim conseguem compartilhar a experiência com mais pessoas".

Exclusividade

A partir de novembro, Apple e Disney embarcarão em suas próprias aventuras na TV por streaming. WarnerMedia e NBCUniversal entrarão no mercado em 2020. Todas gastam bilhões de dólares para produzir e adquirir conteúdo que possa competir com a vasta oferta da Netflix. "Compartilhar ativos como estes não é um bom modelo. Acredito que deveriam ser exclusivos", afirmou em fevereiro Kevin Reilly, que comanda o serviço HBO Max para a WarnerMedia, ao comentar a compra dos direitos de "Friends".

A Disney está adotando a mesma estratégia para a Disney +, que terá em seu catálogo todos os filmes da Marvel, as animações da Pixar e as produções da saga "Star Wars". Algumas destas obras são encontradas atualmente em outras plataformas. 

Necessidade de rir

As mudanças na indústria modificam a vida das séries: algumas perderam valor após as reprises em canais a cabo e pela Netflix. "Acredito que Netflix vai sentir o efeito", prevê Caristi. "Continuará sendo o número um, ao menos por um tempo, mas vai perder mercado".

Ninguém acredita que as séries clássicas dos anos 1990 têm capacidade de atrair por conta própria assinantes para as novas plataformas, mas segundo Caristi estas produções ajudam as empresas a "assegurar conteúdo suficiente que interesse" o público. E nada é tão valioso como uma comédia, nem mesmo grandes sucessos recentes da TV como "Breaking Bad" ou "Mad Men". "Você não precisa assistir em sequência. Você não precisa saber muito sobre os personagens. Você pode assistir um episódio aleatório", completa Caristi ao explicar a atração exercida pelas comédias de 30 minutos.

As plataformas estão dispostas a pagar centenas de milhões de dólares por "sitcoms" antigas, mas não estão dispostas a desembolsar os mesmos valores para produzir shows similares. Nenhuma das gigantes do streaming que oferece conteúdo próprio está produzindo comédia ao estilo da "velha guarda", gravadas com público em um estúdio. "Parece que ninguém sabe mais como fazer comédia", observa Michael Lembeck, diretor de 24 episódios de "Friends". As comédias atuais são "provocativas, são alternativas e você assiste desconectado. Você não se envolve", afirma, antes de destacar que as pessoas "adoram o envolvimento" com as séries antigas.

Para Dana Coen, roteirista e professora da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, as plataformas talvez hesitem em produzir comédias "devido à própria natureza do streaming, pensado para oferecer aos espectadores histórias que se desenvolvem como nos filmes".

Analistas da indústria concordam que não importa o aumento da influência das plataformas, as comédias perdurarão. "Como muitas outras coisas nesta indústria, uma vez que um produtor consiga apresentar uma comédia inovadora em um serviço de streaming, os outros seguirão", prevê Coen. James Michael Tyler, que interpretou Gunther, o gerente do café Central Perk em "Friends", resume: "As pessoas querem rir. Ainda mais nos dias de hoje. Elas precisam disso".

 

 

 

Fonte:CP

"Game of Thrones" leva dez prêmios e domina "prévias" do Emmy

Premiação é dividida em duas partes devido ao grande número de categorias

 

"Game of Thrones" confirmou neste final de semana sua condição de favorita ao Emmy 2019 e, com dez prêmios, dominou as "prévias" da premiação mais importante da indústria da televisão. Por seu alto número de categorias, o Emmy é dividido em duas partes. A primeira, realizada nestes sábado e domingo, avaliou categorias técnicas e distribuiu os prêmios de "artes criativas". No próximo domingo, 22 de setembro, acontece a grande festa da premiação, com anúncio dos vencedores das categorias mais populares.

Entre as estatuetas levadas por "Game of Thrones" no último final de semana, estão "melhor composição musical" e "melhor elenco de uma série dramática". A série da HBO bateu o recorde de indicações ao Emmy neste ano e concorrerá em 32 categorias. Desde quando foi lançada, "GoT" venceu 47 estatuetas.

As prévias do Emmy também renderam prêmios ao documentário "Free Solo" e à série "Chernobyl", que levaram sete estatuetas cada. O documentário "Leaving Neverland" venceu um prêmio e RuPaul foi eleito melhor apresentador de reality show. Beyoncé, que ganhou seis indicações com seu documentário "Homecoming", voltou para casa de mãos vazias. "Os Simpsons" levou a estatueta de melhor série de animação, enquanto a série "Queer Eye" venceu quatro prêmios.

 

Fonte:CP

Preços do petróleo dos tipos Brent e WTI mostraram alta de mais de 10%

 

As ações da Petrobras mostraram alta na manhã desta segunda-feira, após o ataque a unidades de processamento de petróleo da Saudi Aramco, na Arábia Saudita, no sábado. O ataque foi reivindicados pelos rebeldes houthis do Iêmen. Às 11h30 as ações ordinárias da companhia (ON, com direito a voto) avançavam 3,61%, sendo cotadas a R$ 30,73, enquanto as preferenciais (PN, sem direito a voto) subiam 3,31%, a R$ 27,77; mais cedo a alta chegou a 4%.

O ataque comprometeu metade da produção da petrolífera saudita. Com isso, os preços do petróleo dos tipos Brent e WTI mostraram alta de mais de 10%. As ações de companhias petrolíferas ao redor do mundo também tiveram forte alta, incluindo as americanas ExxonMobil e Chevron, e as europeias Shell e BP. "Para a Petrobras, vemos como positiva a alta do petróleo, contribuindo não só para o melhor preço de venda da commodity como também pode aumentar o interesse pelos ativos da cessão onerosa, com leilão previsto para os próximos meses", apontou Luis Gustavo Pereira, estrategista da Guide Investimentos. 

A alta no petróleo também afeta os papéis das empresas aéreas brasileiras: as ações PN da Gol caíam 6,53% e as da Azul, 7,42%. A XP Investimentos destaca em relatório que cerca de 30% dos custos das companhias aéreas estão relacionados ao querosene de aviação, que deve subir com o petróleo mais caro. O Ibovespa, principal índice de Bolsa de São Paulo, chegou a subir na abertura do dia, atingindo a máxima de 103.713,17 pontos, mas logo em seguida passou a cair, com a maioria das ações da carteira do índice cedendo.

Às 11h43, depois de chegar à mínima de 102.782,33 pontos, tinha queda de 0,07%, aos 103.431,20 pontos.Vale lembrar que esta segunda-feira é dia de vencimento de opções sobre ações, o que tende a gerar instabilidade. Às 11h51, o dólar era cotado a R$ 4,0824, com queda de 0,09%.

 

Fonte:CP

Previsão anterior era que presidente reassumisse o cargo nesta terça-feira

 

O presidente Jair Bolsonaro retornará a Brasília nesta segunda-feira depois que receber alta do Hospital Vila Nova Star, o que deve ocorrer no período da tarde, após sessão de fisioterapia, afirmou o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros. Bolsonaro se recupera, em São Paulo, de uma cirurgia realizada no dia 8 de setembro, para correção de uma hérnia incisional. Bolsonaro, no entanto, só deve assumir a Presidência da República na quinta-feira. Até lá, o presidente em exercício é o general Hamilton Mourão.

A previsão era de que Bolsonaro retomasse o cargo nesta terça-feira. Segundo Rêgo Barros, a decisão foi tomada por orientação médica, para que Bolsonaro tenha "um descanso maior e uma recuperação mais rápida."

De acordo com o diretor-médico do Hospital Vila Nova Star, Antônio Antonietto, Bolsonaro permanece com uma dieta cremosa e foi suspensa a alimentação endovenosa, diretamente na veia. "A evolução da dieta vai ser dada conforme a recuperação em domicílio", afirmou Antonietto. Na semana passada, Bolsonaro chegou a usar uma sonda nasogástrica para retirada de ar e líquidos do estômago e do intestino, após uma distensão abdominal.

Viagem a Nova Iorque

O porta-voz confirmou que está mantida a viagem de Bolsonaro a Nova Iorque, onde o mandatário discursará na abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no dia 24 de setembro. A ida do presidente, no entanto, foi adiada do dia 22 para o dia 23. O retorno está previsto para o dia 25, depois de uma parada no Texas para, segundo Rêgo Barros, encontrar-se com empresários ligado ao setor militar. De acordo com o porta-voz, o diálogo será para entender as possibilidades "de o Brasil, por meio dessa interlocução, efetuar alguma atividade comercial."

Antes da viagem aos Estados Unidos, a equipe médica do Hospital Vila Nova Star que acompanha o presidente deverá ir a Brasília realizar uma avaliação. Bolsonaro "vai exercer a Presidência da República entendendo as necessidades de adequar-se a eventuais limitações", disse Rêgo Barros. O porta-voz também confirmou que Bolsonaro deverá viajar à Ásia no final de outubro.

 

FOnte:CP

Países se acusam por investida reivindicada por rebeldes iemenitas

 

A China fez um apelo nesta segunda-feira a Irã e Estados Unidos para que demonstrem "moderação" após as acusações de Washington a Teerã por um ataque com drones contra instalações petroleiras na Arábia Saudita, reivindicado por rebeldes iemenitas.

"Na ausência de uma investigação incontestável que permita tirar conclusões, talvez não seja sensato imaginar quem deve ser responsabilizado por este ataque", afirmou Hua Chunying, porta-voz do ministério das Relações Exteriores da China.

Os rebeldes huthis do Iêmen, apoiados pelo Irã e que enfrentam há cinco anos uma coalizão militar liderada por Riad, reivindicaram os ataques contra instalações da gigante estatal Aramco, que provocaram uma queda da produção de 5,7 milhões de barris diários, aproximadamente 6% do fornecimento mundial.

A tensão entre Estados Unidos e Teerã aumentou desde que Washington abandonou de maneira unilateral em 2018 o acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano assinado em 2015.

O governo americano restabeleceu sanções econômicas contra Teerã. "Pedimos às partes envolvidas que se abstenham de adotar medidas que levariam a uma escalada das tensões na região", disse Hua Chunying. "Esperamos que as duas partes possam demonstrar moderação e, juntas, preservem a paz e a estabilidade no Oriente Médio", completou Hua, cujo país é membro permanente do Conselho de Segurança da ONU.

 

Fonte:CP

Crédito bancário será depositado em mais de 2,8 milhões de conta

 

A Receita Federal libera nesta segunda-feira o pagamento do quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2019. O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, no valor total de R$3,5 bilhões. Segundo a Receita Federal, o dinheiro será depositado nas contas dos contribuintes.

O lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. A consulta para saber se a declaração foi liberada poderá ser feita acessando a página da Receita na internet, pelo Receitafone 146, informando o CPF e a data de nascimento. Caso tenha entrado no lote, a situação da declaração será "crédito enviado ao banco".

Se o valor não foi creditado, o contribuinte deve ligar nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) ou ir a uma agência do Banco do Brasil para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Os lotes de restituição são liberados mensalmente. O Fisco libera os pagamentos por ordem de chegada da declaração. Isso significa que quem entregou a declaração mais cedo recebe a restituição primeiro. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet.

 

Fonte:CP

Pottker marcou duas vezes na vitória por 3 a 1

 

 

De olho na partida de volta da final da Copa do Brasil, o Inter entrou em campo neste domingo com uma equipe reserva. Mesmo assim, dominou completamento o Atlético-MG e fez 3 a 1 no estádio Independência. Em grande atuação coletiva, o Colorado se portou de forma diferente daquele vinha fora de casa – com posse de bola e construindo jogadas – e conquistou a vitória com dois gols de William Pottker e um de Neilton. Bruninho descontou para o Galo.

O atacante do time gaúcho, que marcou seus dois primeiros tentos no Brasileirão, foi o grande destaque do confronto. Em uma temporada irregular, se emocionou após marcar ainda no primeiro tempo. Durante a partida, a equipe de Odair Hellmann viu o adversário pressionado – vinha de quatro derrotas consecutivas – cometer muitos erros na saída de bola.

Apesar da apresentação ruim, os mandantes levaram perigo à equipe gaúcha, exigindo boas defesas de Danilo Fernandes. Foram ao menos dois lances do goleiro, ambos no segundo tempo, em momento de pressão dos mandantes.

Com o resultado, o Inter chega à quarta posição no Brasileirão, com 33 pontos. A equipe Colorada se manteve no G4 graças aos tropeços de São Paulo e Corinthians. O próximo compromisso do grupo é a grande decisão da Copa do Brasil, na próxima quarta, no Beira-Rio, a partir das 21h30min, contra o Athletico-PR. Pelo Campeonato Brasileiro, o Colorado volta a campo no dia 22 de setembro para enfrentar a Chapecoense, em casa.

A partida

Com o objetivo de também se aproximar do G-4, o Atlético entrou em campo com uma postura mais ofensiva. Os mandantes apostaram no meia Bruninho e nas jogadas individuais de Chará nas costas do lateral Zeca. Logo aos 3 minutos, Danilo fez grande defesa com a mão esquerda em cabeçada de Bruninho. Depois do domínio inicial, o confronto foi ganhando novos contornos e virou a favor dos gaúchos.

Diferentemente das outras partidas fora de casa, o Colorado passou a ganhar mais posse. Sem a bola, o Galo fechou suas linhas de marcação e não deixou os adversários avançarem com a troca de passes. Aos poucos, o Inter foi buscando alternativas na jogadas individuais e na velocidade, sobretudo pela direita. Foi por lá, aos 20 minutos, que Sobis acionou Pottker na corrida, que venceu Martínez e chegou na área. No cruzamento, ninguém a bola ficou com a defesa.

Aos 25 minutos, Heitor teve grande lance individual, deixando três marcadores para trás. Ao observar a ausência de um companheiro, apostou no chute rasteiro de longa distância e fez com que Cleiton se esticasse para fechar o ângulo.

Sem a confiança do começo, o Galo começou a apresentar falhas constantes, do ataque, com Fábio Santos pisando na bola, ao chute de Réver que permitiu que a equipe de Odair abrisse o marcador.

Gol e domínio colorado

Oportunista, William Pottker balançou as redes depois que o zagueiro afastou mal aos 28 minutos após um bate-rebate na área. O camisa 4 deu uma rosca para trás e a bola caiu na medida certa para o atacante, que colocou de cabeça, e com efeito, para dentro do gol.

A partir daí, o Colorado dominou o jogo e ficou mais perto de ampliar a vantagem do que os mandantes de conseguirem o empate. Klaus e Emerson Santos cresceram e fecharam a linha de marcação: as jogadas pessoais não funcionavam mais e, pelo contrário, os erros se multiplicavam. Aos 40, Martínez, desatento, perdeu a bola para Sobis, que tentou o cruzamento para Nonato, mas foi barrado. Com três minutos de acréscimo, o Galo pouco pode fazer e saiu vaiado pela torcida para o intervalo.

Inter solto e à vontade

O Atlético voltou para o segundo tempo com mudanças. Com as presenças de Franco Di Santo e Cazares, a estratégia era partir para cima. Logo no primeiro minuto, uma falta em Chará reativou o grito das arquibancadas, mas, no gramado, o Colorado continuou gostando da partida. Ampliou o marcador em um contra-ataque de velocidade.

Aos sete minutos, Heitor fez desarme pela direita e encontrou Sobis que disparava em corrida. Na medida, o camisa 27 cruzou para Neilton, que, de frente para o gol, colocou para dentro do gol sem dificuldades. O Galo ensaiou uma reação quando pressionou o Inter com uma sequência de escanteios que exigiram muito de Danilo Fernandes. Aos 14, Chará cruzou para Di Santo finalizar e testar os reflexos do goleiro, que mandou pela linha de fundo. Depois, aos 17, tirou praticamente de cima da linha uma cabeçada de Léo Silva após escora de Réver.

O Inter não se abalou e transformou a qualidade técnica superior em uma vantagem maior ainda. Aos 18 minutos, Pottker recebeu de Heitor e girou para cima de Réver sem dificuldades para fazer o 3 a 0. O artilheiro da partida saiu de campo carregado pela maca após choque, dando lugar para Sarrafiore. Com o controle do jogo e o resultado encaminhado, o técnico Odair Hellmann lançou os jovens Jhonny, de 17 anos, para o confronto, no lugar de Sobis, e José Aldo, de 21, no na vaga de Neilton.

Aos 42 minutos, Bruninho voltou a aparecer como o principal nome dos donos da casa. Depois de chute da intermediária, Klaus cortou errado, e a bola sobrou para Chará, que escorou de cabeça para Bruninho balançar a rede. O gol animou o Atlético, que, com cinco minutos de acréscimos, ainda tentou descontar. Mas não conseguiu e o jogo acabou 3 a 1.

Atlético Mineiro x Inter / Brasileirão 2019

Atlético-MG (1)
Cleiton, Patric, Réver, Léo Silva, Fábio Santos Martínez (Cazares), Elias, Bruninho, Vinicios Goes (Nathan), Chará, Ricardo Oliveira (Di Santo)

Inter (3)
Danilo Fernandes, Klaus, Emerson, Zeca, Heitor, Rithely, Neilton, Nonato, Parede, Pottker (Sarrafiore) e Rafael Sobis (Johnny)

Gols: Pottker (28"/1ºT) 18"/2ºT), Neilton (7"/2ºT), Bruninho (42”/2ºT)
Cartão Amarelo: Guilherme Parede (47”/2ºT)

 

 

 

FOnte:CP

No dia do aniversário de 116 anos, Tricolor presenteia o torcedor com boa atuação nos primeiros 45 minutos para garantir vitória diante de mais de 41 mil pessoas

 

Na tarde ensolarada deste domingo, mais de 41 mil torcedores foram para a Arena para comemorar o aniversário de 116 anos do Grêmio. E acabaram vendo mais: em primeiro tempo inspirado, o Tricolor fez 3 a 0 no Goiás, resultado que coloca de vez a equipe na briga pelo G6 no segundo turno do Brasileirão.

Os gols foram marcados todos nos 45 minutos iniciais. Jean Pyerre, Everton e Alisson, com golaços, asseguraram os três pontos do Tricolor.

Com a vitória, o Grêmio vai a 28 pontos na tabela de classificação, e passa para a 8ª colocação, 5 pontos atrás do Inter, primeira equipe no G4. Na próxima rodada, o Tricolor abre o returno fora de casa. No sábado, às 21h, enfrenta o Santos, na Vila Belmiro.

Tricolor atropela no primeiro tempo

O Grêmio fez um primeiro tempo avassalador na Arena. Com amplo domínio sobre o Goiás, acumulou chances de gol e praticamente não deu oportunidades para o adversário. A entrada de Tardelli no lugar de André deu mais mobilidade ao ataque tricolor, e mesmo a tentativa de encurtar os espaços exercida pelo time esmeraldinho se mostrou insuficiente.

A primeira chance gremista surgiu aos 8 minutos, com um chute de Tardelli no bico da grande área que o goleiro Marcelo Rangel espalmou pela linha de fundo. Aos 11, após um escanteio, Daviz Braz cabeceou pra fora.

Cinco minutos depois, era a vez do volante Michel arriscar de fora da área. Novamente o goleiro do Goiás precisou trabalhar. Em 20 minutos, o Grêmio já havia finalizado oito vezes. O gol era questão de tempo.

E ele veio aos 28. Jean Pyerre marcou um golaço de fora da área. A bola chegou a bater no poste antes de encostar na rede. Quatro minutos depois, Everton deixou o dele e ampliou para 2 a 0 depois de uma troca de passes do Tricolor.

Era uma atuação de gala dos melhores momentos do time comandado por Renato Portaluppi, justamente no aniversário de 116 anos do clube. E mesmo com a vantagem no placar, o ímpeto não diminuía.

Aos 40, em rápido contra-ataque, Alisson perdeu a chance de ampliar a errar duas vezes o chute. Um minuto depois, foi a vez de Tardelli chutar para a Rangel pegar em dois tempos.

Mas aos 45 minutos, não teve jeito. Alisson recebeu dentro da área e tocou por cobertura para fazer o terceiro. O auxiliar marcou impedimento, mas o árbitro checou com o VAR e validou o gol.

Grêmio diminui o ritmo e administra vantagem

No segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi manteve a equipe que começou a goleada. Já o técnico Ney Franco promoveu uma troca para tentar diminuir o marcador. Sacou o centroavante Rafael Moura e colocou em campo o atacante uruguaio Leandro Barcia.

Apesar de não ter feito substituições, Renato fez uma mudança de posicionamento: centralizou Everton na função de falso 9 e abriu Diego Tardelli para uma das pontas, possivelmente visando alguma alternativa tática para o jogo diante do Flamengo, pela semifinal da Libertadores, em outubro.

Com o placar amplamente favorável, o Tricolor entrou no segundo tempo um pouco desatento, proporcionando pelo menos três chances ao Goiás nos primeiros 15 minutos. Na mais perigosa delas, Marcelo Hermes cobrou escanteio e Gilberto desviou no primeiro pau, obrigando Paulo Victor a fazer grande defesa.

Aos poucos, o Grêmio voltou a equilibrar as ações, mas ainda assim diminuiu a intensidade. Passou a administrar a vantagem e, assim, Renato teve a chance de fazer mais testes. Sob muitos aplausos, colocou Luan e o atacante Luciano em campo, para dar alternativas ofensivas ao Tricolor.

Nos minutos finais, já com Patrick também em campo, o Grêmio se aproveitou do abatido Goiás, que pouco fez além de uma bola na trave esquerda de Paulo Victor. Apesar de recuperar o volume de jogo no fim do confronto e de criar chances com Luan pelo lado esquerdo, o confronto acabou mesmo com a vitória de 3 a 0 construída ainda na etapa inicial.

Campeonato Brasileiro 19ª rodada

Grêmio 3

Paulo Victor; Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Matheus Henrique (Luan), Michel, Jean Pyerre, Alisson e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Portaluppi

Goiás 0

Rangel; Daniel Guedes, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Marcelo Hermes; Gilberto, Léo Sena, Yago Felipe, Michael e Kayke (Rafinha); Rafael Moura (Leandro Barcia). Técnico: Ney Franco

Gols: Jean Pyerre (28/1T); Everton (32/1T) e Alisson (45/1T)

Cartão amarelo: Yago Felipe (Goiás)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Público: 41.733

Renda: R$ 1.071.113,00

 

FOnte:CP

Exibições irão contar com interpretação em Libras, legendagem descritiva e audiodescrição nos dias 21 e 28 de setembro

 

A Cinemateca Capitólio Petrobras promoverá duas sessões com interpretação em Libras, legendagem descritiva e audiodescrição durante o mês de setembro. As exibições dos filmes Mulher do Pai e Djon África acontecem nos dias 21 e 28 de setembro, às 14h, e têm entrada franca. A interpretação em Libras será feita pela Ovni Acessibilidade Universal. 

O longa-metragem Mulher do Pai, dirigido por Cristiane Oliveira, terá exibição no dia 21 de setembro. O filme se passa no interior do Rio Grande do Sul e traz para as telas o trabalho de Marat Descartes e Maria Galant como protagonistas da trama que conta a história de Ruben e Nalu, pai e filha que moram no campo, perto da fronteira entre Brasil e Uruguai. Quando Ruben percebe que a filha, aos 16 anos, já é uma mulher, uma perturbadora proximidade surge entre os dois. O estranhamento inicial dá lugar ao ciúme quando Rosario, uma atraente uruguaia, ganha espaço na vida de ambos.

Já Djon África terá sessão acessível no dia 28 de setembro. O longa é dirigido por Filipa Reis e João Miller e conta a história de Miguel "Tibars" Moreira, mais conhecido como Djon Africa, filho de cabo-verdianos, que nasceu e cresceu em Portugal. Sem conhecer seu pai, ele acaba descobrindo que ele mora em Tarrafal, e decide aventurar-se à sua procura.

As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Além desta atividade, o projeto engloba oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses e duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. 

A bilheteria abrirá 30 minutos antes de cada sessão para a distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras está localizada na Rua Demétrio Ribeiro 1085 - Esquina com Borges de Medeiros. 

 

fONTE:cp

O Regional é um site de Entretenimento, Esportes e Alimentos. Aqui você pode obter as últimas notícias da sua região, estado e do mundo inteiro rapidamente.

Contato e-mail

Galeria de Fotos