Dadá Alves

Dadá Alves

Curabitur ultrices commodo magna, ac semper risus molestie vestibulum. Aenean commodo nibh non dui adipiscing rhoncus.

Imposto deverá ser pago apenas entre os dias 6 e 30 janeiro

 

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta segunda-feira medidas para equilibrar as contas e uma delas é sobre o IPVA. O imposto de 2020 deverá ser pago apenas entre os dias 6 e 30 janeiro e não haverá possibilidade de parcelamento. Os únicos descontos concedidos serão o do bom motorista (de 5 a 15%) e do Nota Fisca Gaúcha (de 1 a 5%). 

O secretário da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso, anunciou um programa de refinanciamento da dívida do ICMS (com redução de até 90% de juros e multas). O Piratini estima arrecadar R$ 450 milhões com a negociação das dívidas do ICMS. O programa começa a valer em 6 de novembro e vai até 13 de dezembro.  

 

*Com informações do repórter Gustavo Chagas 

Reportagem do Correio do Povo vai trazer todas as informações sobre a corrida decisiva da Fórmula 1

 

 

Fonte:CO

Três reservas também tem dois cartões amarelos e se levarem o terceiro não estarão a disposição no Gre-Nal

 

* Com informaçõesdo repórter Bruno Ravazzolli

O Inter entrará em campo na quinta-feira, no Beira-Rio, contra o Athletico-PR, com sete jogadores pendurados com dois cartões amarelos. Se receberem o terceiro, não poderão enfrentar o Grêmio no domingo, no Gre-Nal do returno do Campeonato Brasileiro. Quatro deles são titulares: Edenilson, Rodrigo Lindoso, Heitor e Gulherme Parede, que esteve entre os 11 iniciais de Zé Ricardo contra o Bahia.

A tendência é pela manutenção de praticamente toda a equipe. Com as exceções de D’Alessandro, que volta de suspensão, e Rodrigo Moledo, que se recuperou de lesão. Além dos quatro titulares, os reservas Nico López, Roberto e Natanael também tem duas advertências.

Além de D’Alessandro, Patrick também volta a ficar liberado, mas deve ser opção no banco de reservas. A definição do time que irá enfrentar o Furacão ocorre na atividade fechada que Zé Ricardo irá comandar às 15h30min desta quarta-feira.

 

O jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão está marcado para quinta-feira, às 21h30min, no Beira-Rio. O Colorado é o quinto colocado com 45 pontos e o clube paranaense é o oitavo com 42.

 

Fonte:CP

Saques serão liberados entre 25 de outubro e 18 de dezembro

 

A Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira, que antecipará, para 2019, os pagamentos a todos os trabalhadores do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os saques dizem respeito a contas ativas e inativas do fundo, limitados a até R$ 500 por conta. Para quem possui conta de poupança na Caixa, os valores são depositados automaticamente. Estes valores já foram depositados até o dia 9 de outubro.

Para quem não possui conta na Caixa, os saques podem ser feitos pelos canais de atendimento do banco (lotéricas, agências, caixas de autoatendimento e correspondentes bancários). Neste caso, os pagamentos começaram em 18 de outubro para os brasileiros com data de aniversário em janeiro. Quem optar pela transferência de recursos para outros bancos não precisará pagar nenhuma taxa.

Calendário do Saque Imediato do FGTS

Pelo novo cronograma, divulgado nesta segunda-feira pela Caixa, todos os trabalhadores poderão sacar o valor ainda em 2019. Confira as datas:

• Aniversário em fevereiro ou março: 25 de outubro
• Aniversário em abril e maio: 8 de novembro
• Aniversário em junho e julho: 22 de novembro
• Aniversário em agosto: 29 de novembro.
• Aniversário em setembro e outubro: 6 de dezembro.
• Aniversário em novembro e dezembro: 18 de dezembro

A data limite para recebimento dos valores continua sendo 31 de março de 2020. Anteriormente, a previsão da Caixa era de que os saques imediatos somente seriam finalizados em 6 de março de 2020, quando seriam pagos os valores para quem faz aniversário em dezembro.

Estímulo à economia

Em 24 de julho, o governo anunciou a liberação de saques de até R$ 500 de contas ativas (referentes a contratos de trabalho atual) e inativas do FGTS. O limite é por conta. A projeção do governo era de que os saques do FGTS injetassem R$ 40 bilhões na economia até 2020, sendo que R$ 28 bilhões seriam para este ano e R$ 12 bilhões para o próximo ano.

Com a mudança anunciada nesta segunda, R$ 40 bilhões serão liberados já em 2019. "A estratégia adotada pela Caixa soma agilidade, eficiência e tecnologia", afirmou o presidente do banco, Pedro Guimarães, em comunicado distribuído a jornalistas. Segundo ele, a eficiência demonstrada pela Caixa "permite a antecipação do pagamento a todos os 96 milhões de trabalhadores até dezembro, possibilitando a injeção de cerca de R$ 40 bilhões na economia ainda esse ano".

 

 Fonte:CP

Pré-venda de ingressos para "Star Wars - A Ascensão Skywalker" começa nesta segunda

Trailer do episódio IX da saga será lançado na noite de hoje

 

Os fãs de Star Wars podem garantir nesta segunda-feira o ingresso para assistir "A Ascensão Skywalker", que estreia no dia 19 de dezembro. Inicia hoje a pré-venda dos bilhetes a partir das 21h nas principais redes de cinema do Brasil. Horários e preços para as sessões também podem ser consultados diretamente nos canais de relacionamento de cada exibidor. 

O novo trailer de "A Ascensão Skywalker" será lançado nesta segunda-feira, por volta das 22h45min, no canal oficial de Star Wars no YouTube, assim como o pôster oficial do filme. O primeiro trailer do episódio IX foi lançado em abril. 

"A Ascensão Skywalker" traz de volta JJ Abrams na direção e marca o fim da saga da família Skywalker ao longo de nove capítulos. O longa tem no elenco Adam Driver, Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong'o, Richard E. Grant, além dos já conhecidos Carrie Fisher e Mark Hamill. 

Confira o primeiro trailer de "A Ascensão Skywalker":  

 

 

 

Fonte:CP

O deputado federal também falou sobre a crise interna e a chegada de Eduardo Bolsonaro à liderança da Câmara

 

O deputado federal pelo PSL, Bibo Nunes, afirmou, durante participação no Programa Esfera Pública, da Rádio Guaíba, nessa segunda-feira que não ficará no partido. A manifestação ocorre após crise interna, que veio se acentuando nos últimos dias. Bibo Nunes chegou a ser suspenso na semana passada pelo partido e viu a punição ser revogada, após o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, assumir como líder do partido na Câmara dos Deputados.

Disse que a saída de um grupo deverá ocorrer até o final do ano. "A tendência é essa, 99%, não temos como continuarmos no PSL depois de tudo que aconteceu. Nós pregamos um partido sério, uma nova política e encontramos o contrário. Um presidente déspota partido, que diz que é o dono do partido", avaliou. 

Esse discurso inclusive será utilizado para justificar a saída do PSL sem a perda do mandato. "Durante a campanha, quem comandava o PSL era a turma do (Jair) Bolsonaro. Depois do segundo, o (Luciano) Bivar foi pegar o partido de volta. É muita ganância pelo poder", resumiu. Sobre a troca de sigla, ele destacou que não tem receios de mudar de sigla. "Eu troco minhas folhas, mas não troco minhas raízes. Se o partido está pensando errado, eu troco e vou para outro. Mas com as minhas raízes firmes", resumiu. 

Escolha do líder 

Sobre o futuro de Eduardo Bolsonaro, Bibo afirmou que com essa estratégia, Eduardo não deverá ter sua indicação como embaixador do Brasil nos Estados Unidos, como vinha sendo articulada nos últimos meses. "Não, ele não será embaixador. A prioridade nesse momento é a liderança do partido", enfatizou. 

Inclusive aproveitou a oportunidade para detalhar como se deu o processo de escolha de Eduardo e comentou que a indicação foi rejeitada por Jair Bolsonaro. "Bolsonaro foi rude. Eu não quero o Eduardo de líder. Não aceito ele de maneira alguma. Foi até grosseiro com o filho", comentou Bibo, sobre uma reunião interna para discutir a liderança.

 

 

Fonte:CP

Em Lagoa Vermelha, quase 4 mil casas ficaram danificados pelo granizo

 

Apesar da melhora das condições climáticas, 465 pessoas continuam fora de suas casas em função dos temporais que atingiram o Rio Grande do Sul na semana passada. De acordo com a Defesa Civil, em boletim divulgado nesta segunda-feira, 389 estão desalojadas e outras 76, desabrigadas. 

As cidades que ainda registram algum tipo de estrago em razão de alagamentos ou granizo são: Itapuca, Lagoa Vermelha, Soledade, Nova Alvorada, Alegrete e Dom Pedrito. Destas, apenas Lagoa Vermelha decretou situação de emergência devido à queda de granizo. Na cidade, 19 bairros e parte do centro foram atingidos, sendo que quase 4 mil residências ficaram danificadas por estragos causados pelo granizo. Uma pessoa ficou ferida após subir no telhado para realizar reparos.

Em Soledade, aproximadamente 60 casas e 15 galpões ficaram com o telhado danificado. Já em Nova Alvorada, o granizo provocou destelhamento em aproximadamente 125 casas, uma escola e um salão comunitário.

Em Itapuca, aproximadamente 160 residências foram afetadas pelo granizo. Houve danos em galpões, aviários, quedas de árvores, danos em lavouras e plantações de erva-mate. A Defesa Civil e a Prefeitura realizaram a entrega de lonas e telhas para as comunidades atingidas.

No município de Alegrete, 47 famílias foram atingidas pelo alagamento nos bairros Vila Nova e Santo Antonio. Doze famílias estão abrigadas no Ginásio Osvaldo Aranha e outras 35 alojadas em casas de parentes. Na cidade de Dom Pedrito, o rio Santa Maria está mais de cinco metros acima do normal. Seis famílias estão, de forma provisória, na Escola Municipal Alda Seabra, no bairro Santa Maria. 

 

 

Fonte:CP

 

 

Deputado Delegado Waldir reconheceu a derrota

 

A Secretaria-Geral da Mesa (SGM) da Câmara dos Deputados confirmou nesta segunda-feira Eduardo Bolsonaro (SP) como novo líder do PSL. Ele recebeu o apoio de 28 parlamentares. A lista original, apresentada nesta manhã pelo líder do Governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), tinha 29 assinaturas, mas uma não foi confirmada pela SGM.

Na lista há três deputados que haviam assinado um documento que apoiava o líder anterior, deputado Delegado Waldir (GO): Coronel Chrisóstomo (RO), Daniel Silveira (RJ) e Léo Motta (MG).

O Delegado Waldir divulgou um vídeo em que reconhece o novo líder. "Aceitamos democraticamente a nova lista", afirmou. Ele agradeceu o apoio que recebeu dos parlamentares do seu partido e disse que não é subordinado de governadores nem de presidentes. "Vou continuar defendendo todas as prerrogativas do Parlamento. Nós não rasgamos a Constituição. E a Constituição prevê que o Executivo não deve interferir no Parlamento", encerrou Delegado Waldir.

No Japão, o presidente Jair Bolsonaro disse mais cedo nesta segunda-feira que "o bem vencerá o mal", fazendo referência às trocas de lideranças. Ele classificou a discussão entre integrantes do PSL como um "bate-boca exacerbado". "A política, como dizia Ulysses Guimarães, é uma nuvem. A resposta é essa”, disse Bolsonaro, ao ser questionado se a crise no Brasil o fará mudar os planos em relação ao partido. A frase, no entanto, é originalmente atribuída ao político mineiro Magalhães Pinto (1909-1996), que dizia que "política é como nuvem: você olha, ela está de um jeito; olha de novo, ela já mudou".

 

 

Fonte:CP

Presidente passará dez dias em viagem pelo Japão e pelo Oriente Médio

 

Em meio à crise no PSL, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira, 21, que "o bem vencerá o mal", em referência às trocas de lideranças ligadas ao governo e ao partido no Congresso ocorridas na semana passada. Ao chegar a Tóquio, o presidente indicou que o cenário político poderá mudar durante sua ausência de dez dias para um périplo pela Ásia e pelo Oriente Médio. Ele também disse que houve um "bate-boca exacerbado" entre integrantes do seu partido, o PSL, mas que deixará a ferida cicatrizar naturalmente.

"A política, como dizia Ulysses Guimarães, é uma nuvem. A resposta é essa”, disse Bolsonaro, ao ser questionado se a crise no Brasil o fará mudar os planos em relação ao partido. A frase, no entanto, é originalmente atribuída ao político mineiro Magalhães Pinto (1909-1996), que dizia que "política é como nuvem: você olha, ela está de um jeito; olha de novo, ela já mudou".

O presidente deixou para trás um partido dividido e dificuldades na articulação com o Congresso. Na semana passada, Bolsonaro teve frustrada a tentativa de substituir o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), por seu filho Eduardo Bolsonaro (SP). Já a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann, foi trocada pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO). “As providências estão sendo tomadas com o passar o tempo. O bem vencerá o mal”, declarou, ao ser questionado se haverá outras mudanças em cargos de liderança.

O presidente está na capital japonesa para a cerimônia de coroação do imperador Naruhito. Depois, seguirá para China, Emirados Árabes, Catar e Arábia Saudita. Com foco econômico, esta será a viagem mais longa do seu mandato até aqui.

Durante a ausência do presidente, o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, segue com a articulação política no Congresso para tentar finalizar a tramitação da reforma da Previdência. A proposta é considerada um dos principais ativos políticos para passar a mensagem de que o atual governo defende mudanças estruturantes e que o País passará nos próximos anos por uma retomada econômica sustentável. Como mostrou o Estado, o governo também estuda fazer mudanças na articulação pela terceira vez.

Com foco na Previdência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, segue em Brasília nos próximos dias. Ele ainda não confirmou se conseguirá participar da etapa final da viagem, em Riad, na Arábia Saudita, onde ocorre o chamado “Davos do Deserto”, conferência internacional de investidores.

Entre os participantes do tour pela Ásia e Oriente Médio estão os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Tereza Cristina (Agricultura), Fernando Azevedo (Defesa), Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Osmar Terra (Cidadania).

Presidente visita santuário xintoísta e rua turística

Na primeira atividade em solo japonês, o presidente visitou o Santuário Meiji, um templo xintoísta localizado no bairro Shibuya, em Tóquio. Acompanhado do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e de outros membros da comitiva presidencial e da Embaixada Brasileira, Bolsonaro participou de um ritual de purificação na entrada do local.

Após a visita ao santuário, o grupo saiu do local caminhando em direção à Rua Takeshita, uma atração turística de Tóquio. No caminho, o presidente foi abordado e tirou fotos com pessoas nas ruas.

 

 

Fonte:CP

Jared Leto tentou impedir produção de "Coringa" com Joaquin Phoenix, diz site

 

Ator teria idealizado um projeto sobre o vilão, mas foi cancelado pela Warner Bros.

Jared Leto teria tentado impedir a produção de "Coringa", dirigido por Todd Phillips e estrelado por Joaquin Phoenix, atualmente nos cinemas, segundo informou o The Hollywood Reporter

Conforme a publicação, o ator pediu para que um dos seus agentes convencesse a Warner Bros. de cancelar o projeto de Phillips, já que ele queria estrelar um filme solo do vilão. Leto teria até feito um projeto que foi cancelado pelo próprio estúdio por conta do reboot de "Esquadrão Suicida", de James Gunn, e também por causa da produção já em andamento de Phillips. 

Além disso, o astro teria ficado irritado com a decisão de que quase todo o elenco de "Esquadrão Suicida" deve retornar para um novo filme e também com a produção do filme solo da Arlequina - "Aves de Rapina" - que inicialmente seria sobre o relacionamento dela com Coringa, ainda estrelado por ele. A matéria ainda reforça que os "dias de Leto como Coringa provavelmente já terminaram". 

Conforme o THR, Leto teria pedido para a sua agente musical Irving Azoff, para conversar diretamente dom o dono da Warner Bros, mas segundo a matéria, Azoff  não teria feito qualquer movimento para que isso acontecesse. Além de que o ator supostamente reclamou com a Creative Arts Agency (CAA), que gerencia a sua carreira e a de Todd Phillips, dizendo que "não era a forma de se tratar um vencedor do Oscar". 

Leto ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 2014 por seu papel em "Clube de Compras Dallas". 

Após tudo isso, Leto trocou a agência CAA pela WME. Uma fonte próxima ao ator disse que ele já estava procurando uma nova agência e nega que o filme de "Coringa" tenha alguma influência na troca. 

 

Fonte:CP

O Regional é um site de Entretenimento, Esportes e Alimentos. Aqui você pode obter as últimas notícias da sua região, estado e do mundo inteiro rapidamente.

Contato e-mail

Galeria de Fotos