Facebook admite que sempre monitora localização de usuários

23 Dez 2019
581 vezes
Razões seriam de segurança mas também por objetivos publicitários | Razões seriam de segurança mas também por objetivos publicitários | Foto: DENIS CHARLET / AFP / CP

Mesmo com a função de geolocalização desligada, a empresa continua o monitoramento

 

O Facebook admitiu que monitora cada um de seus usuários, mesmo com a função de geolocalização desativada, por razões de segurança mas também com objetivos publicitários. "Inclusive sem a ativação dos serviços de localização, o Facebook ainda pode saber onde o usuário está com base em informações que ele e outros fornecem através de suas atividades e conexões com nossos serviços", revela a rede social em carta de 12 de dezembro enviada ao senador democrata Chris Coons e ao republicano Josh Hawley, do Congresso dos EUA.

O documento foi divulgado nesta terça-feira no Twitter de uma jornalista do jornal americano The Hill. Hawley retuitou a publicação da jornalista e escreveu: "Facebook admite. Você apaga os serviços de localização mas eles sabem onde você está para ganhar dinheiro". "Não há como escapar. Não há controle sobre sua informação pessoal. Isto é a Grande Tecnologia. É por este motivo que o Congresso precisa agir".

Josh Hawley
 
@HawleyMO
 
 

.@Facebook admits it. Turn off “location services” and they’ll STILL track your location to make money (by sending you ads). There is no opting out. No control over your personal information. That’s Big Tech. And that’s why Congress needs to take action https://twitter.com/birnbaum_e/status/1207000504129245184 

Emily Birnbaum
 
@birnbaum_e
 

anyone want a granular accounting of how Facebook knows your location

no?

well here you go anyways and there's 5 more pages where that came from

View image on Twitter
View image on Twitter
View image on Twitter
 
831 people are talking about this
 
 

O Facebook obtém dados pessoais de todos os tipos sobre seus mais de 2 bilhões de usuários frequentes em ao menos uma das plataformas do grupo: Instagram, Messenger, WhatsApp ou Facebook. Estes dados são a base do seu modelo econômico, que se sustenta com o faturamento em publicidade ultra-segmentada em grande escala.

 

Fonte:CP

Avalie este item
(0 votos)
Dadá Alves

Curabitur ultrices commodo magna, ac semper risus molestie vestibulum. Aenean commodo nibh non dui adipiscing rhoncus.

Website.: www.themewinter.com

O Regional é um site de Entretenimento, Esportes e Alimentos. Aqui você pode obter as últimas notícias da sua região, estado e do mundo inteiro rapidamente.

Contato e-mail

Galeria de Fotos