Um grave acidente deixou três pessoas feridas e bloqueou totalmente a BR 285, em Mato Castelhano, no Norte do Rio Grande do Sul, na manhã desta terça-feira. A colisão aconteceu no km 268 da rodovia, por volta das 7h20min, e envolveu quatro veículos.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve uma colisão frontal entre um Volkswagen Bora, de Lagoa Vermelha, e um Fiat Marea, de Carazinho. Os dois veículos que vinham atrás – um caminhão e um Volkswagen Gol – não conseguiram desviar e a acabaram também colidindo nos carros acidentados.

O motorista do Marea ficou preso às ferragens e o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para resgatá-lo. O homem, que não teve identidade revelada, ficou gravemente ferido. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu as vítimas e as encaminhou ao hospital de Passo Fundo.

A rodovia ficou totalmente bloqueada por cerca de 40 minutos para resgate dos feridos. O trânsito já está liberado.

Fonte: CP

Uma criança, de 7 anos, morreu na manhã desta segunda-feira após se atropelada e arrastada por um veículo em Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Estado. De acordo com a Polícia Civil, Isaque de Bintencourt Cabreira ia para a escola com a avó quando os dois foram atingidos por um carro – um Astra de cor prata – no cruzamento das ruas Rodrigues Portugal e Iris Valls.

A roupa do menino ficou presa no retrovisor do veículo, e ele foi arrastado por cerca de 50 metros. Isaque morreu no local. O corpo dele ainda está na rua, aguardando o trabalho da perícia. A avó da criança foi socorrida e encaminhada à Santa Casa. Ela sofreu diversas fraturas. O estado de saúde dela não foi informado pelo hospital.

Após o atropelamento, a motorista não parou o veículo, que acabou caindo em uma vala. Segundo o delegado Enio Tassi, a motorista foi autuada em flagrante. Ela não tinha habilitação e tentou fugir do local.

Fonte: CP

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa dia 23 de abril em todo o país. Em Porto Alegre, as doses vão estar disponíveis a partir da próxima segunda-feira nas mais de 140 unidades de saúde.

O público-alvo são pessoas acima de 60 anos, gestantes, mães no pós-parto, crianças de seis meses a menores de cinco anos, profissionais da saúde e do sistema prisional, indígenas, portadores de condições especiais, doentes crônicos, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, pessoas privadas de liberdade e professores de escolas públicas e privadas.

Em 12 de maio acontecerá o dia D de Mobilização Nacional. O atendimento será previsto para acontecer em todas as 37 mil unidades de saúde do país, das 8h às 17h.

Fonte: CP

Um criminoso morreu durante um assalto a um ônibus de turismo no km 183 da BR 290, em Minas do Leão, às 4h23 desta segunda-feira. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ocupantes de um automóvel abordaram o ônibus e o levaram até uma estrada vicinal. No local, os assaltantes entraram em confronto com um policial militar que estava no ônibus. Outros três bandidos fugiram.

O motorista do veículo que se deslocava de Rivera, no Uruguai, em direção a Porto Alegre, foi atingido por um tiro nas costas. Ele foi encaminhado em estado estável para o Hospital de Caridade de São Jerônimo.

Orelha, um simpático cachorro sem raça definida, recebeu uma homenagem de carinho dos formandos do curso de ciências biológicas da Universidade Federal de Pelotas. A homenagem incluiu uma foto do animal no quadro de formatura da turma 2017/2 que está exposto no prédio da universidade. “Há mais de sete anos ele está no curso e foi adotado pelo pessoal”, conta o diretor do curso, Althen Teixeira Filho. Orelha recebeu este nome pois teve que amputar uma das suas. “Ele é um cachorro muito sedutor, então todo mundo acaba dando comida para ele”, relata.

Durante a formatura de gabinete de alguns alunos, Orelha latiu para cada formando. Já na cerimônia, apesar de não ter comparecido, o cão foi lembrado no discurso da oradora Yasmin Mello. “Como falar de nossos homenageados e não lembrar do que é, sem dúvida, o mais querido de todos. Orelha, gostaríamos de agradecer por todos os teus "ois" cedo da manhã e por todas as vezes que tu nos acompanhaste até a parada tarde da noite. Nenhum de nós gosta de estar só e graças a ti isso sempre foi raro no nosso cotidiano.” Outros cachorros também circulam pelo campus localizado em Capão do Leão e deverão receber homenagens das próximas turmas. O diretor do curso assinou documentação com a produtora se responsabilizando por qualquer lesão ao animal.

“Queremos deixar claro que os animais não precisam ser adotados, eles têm suas casas no campus, são de todos os alunos adotados pelo Instituto de Biologia”, destaca o biólogo formado na turma Ítalo Ferreira. Para o diretor do curso, a turma expressa uma mudança de comportamento. “Os animais são irmãos dos humanos no processo evolutivo e a sensibilidade da turma reconheceu que eles têm sentimentos”, finaliza.

Fonte: CP

Um homem, de 58 anos, foi preso na segunda-feira, em Cacequi, no Centro do Estado, por incentivar a prostituição de adolescentes. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito oferecia dinheiro aos jovens - principalmente aos que se encontravam em situação de vulnerabilidade social - em troca de relações sexuais.

Segundo a delegada Ana Tarouco, o homem é investigado há mais de um ano. A apuração iniciou após vários relatos de adolescentes da região sobre abordagens do suspeito. Ele oferecia recompensas em troca de sexo, principalmente para adolescentes mais pobres. "Obtivemos o relato de uma nova vítima, adolescente, que mantinha relações com o indivíduo em troca de dinheiro e comida", enfatizou Ana.

Fonte: CP

As últimas 67 horas foram marcadas pela violência no trânsito gaúcho. Entre as 7h de sexta e as 10h desta segunda-feira, 22 pessoas morreram em acidentes em rodovias do Rio Grande do Sul. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), foram sete acidentes em rodovias estaduais com dez vítimas fatais. O número de feridos não foi divulgado. Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que, no período, foram 58 acidentes, sendo nove com 12 mortos.

Um dos acidentes mais graves aconteceu na madrugada de hoje, em Estrela Velha, na região Central do Estado. Cinco pessoas morreram – entre elas, duas crianças – em colisão frontal entre um Fiat Uno, de Estela Velha, e um caminhão, com placas de Arroio do Tigre, na ERS 481. As vítimas – dois meninos, um de 3 e outro de 10 anos, uma mulher, de 27, e dois homens, de 42 e 46 – seriam da mesma família e estavam no carro. O motorista do caminhão não se feriu.

Sexta-feira

Um casal morreu por volta das 7h de sexta-feira em uma colisão entre um carro e uma carreta na BR 285 em Muitos Capões, no Norte do Rio Grande do Sul. Uma menina de três anos, que estava no banco traseiro do automóvel, sobreviveu ao acidente. O casal estava em um Citroen C3, com placa de Itajaí, Santa Catarina, que transitava no sentido Vacaria-Lagoa Vermelha. No km 178 da rodovia, o carro colidiu contra um Volvo FH 440, com placas de Caxias do Sul, que vinha no sentido oposto.

Sábado

Antônio Prado

Um motorista, de 45 anos, morreu após um caminhão cochar-se contra um barranco no km 111, da ERS 122, em Antônio Prado, na região Nordeste do Estado. O acidente aconteceu às 7h30min de sábado.

Palmeira das Missões

Um homem morreu após colisão transversal entre um Gol e um caminhão no km 103,2, da BR 158., em Palmeira das Missões, na região das Missoes. O acidente causou a morte do motorista do carro e deixou uma passageira em estado grave. Ela foi encaminhada ao hospital do município.

Júlio de Castilhos

O motorista de um Chevrolet Celta morreu após colisão contra um micro-ônibus no km 271, da BR 158, em Júlio de Castilhos, no Centro do Estado. A vítima chegou ser socorrida e hospitalizada, mas não resistiu. Um passageiro do carro teve ferimentos graves. No micro-ônibus da Secretaria Municipal da Saúde, o condutor ficou levemente ferido. Já os 14 passageiros do coletivo escaparam ilesos.

Santa Maria

Motorista, de 54 anos, morreu após perder o controle do carro e colidir contra outro veículo na ERS 509, em Santa Maria, na região Central. O acidente aconteceu por volta das 8h30min de sábado. O homem chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital.

Doutor Ricardo

Uma mulher, de 66 anos, morreu atropelada na ERS 332, em Doutor Ricardo, no Vale do Taquari. A pedestre foi atingida por um caminhão Scania, por volta das 20h de sábado, no km 26 da rodovia.

Venâncio Aires

Um motociclista morreu na RSC 453, em Venâncio Aires, após colidir contra uma caminhonete Chevy. O acidente aconteceu no km 6 da rodovia, sob a ponte do arroio Castelhano.

Nova Santa Rita

Um homem, de 69 anos, morreu na noite deste sábado após acidente envolvendo dois veículos na BR 386, em Nova Santa Rita, na região Metropolitana. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um Fiat Uno, de Canoas, e um Palio Week, de Nova Santa Rita, colidiram transversalmente no km 438 da rodovia, por volta das 19h20min. A vítima fatal conduzia o Uno. Duas pessoas ficaram feridas – uma em cada veículo.

Montenegro

Um idoso, de 67 anos, morreu e quatro pessoas ficaram feridas na tarde deste sábado em um acidente envolvendo três veículos na BR 386, em Montenegro, no Vale do Caí. A colisão frontal aconteceu no km 417 da rodovia, por volta das 15h20min.

Domingo

Montenegro

Um homem, de 35 anos, morreu após colisão entre duas motocicletas na ERSC 287, em Montenegro, no Vale do Caí. O acidente aconteceu no km quatro da rodovia por volta das 5h30min.

São Pedro do Sul

Três pessoas morreram em colisão frontal na BR 287, em São Pedro do Sul, no Centro do Estado. De acordo com a PRF, um Fiat Punto, de Canoas, teria invadido a pista contrária e colidiu contra uma carreta Scania T 113, de São Francisco de Assis, por volta das 7h15min de domingo, no km 309 da rodovia. As três vítimas fatais estavam no Punto.

Pouso Novo

Um homem morreu em colisão frontam entre uma moto CG Titan e um Toyota Corolla na BR 386, em Pouso Novo, no Vale do Taquari. A colisão aconteceu por vola das 4h de domingo, no km 290. O motociclista morreu no local.

Rio Grande

Um jovem, de 24 anos, foi atropelado por um caminhão na BR 290, em Rio Grande, no Sul do Estado. O acidente aconteceu no km 42 da rodovia por volta das 7h. O motorista do caminhão não prestou socorro.

Segunda-feira

Estrela Velha

Cinco pessoas morreram em acidente entre caminhão e um carro na ERS 481, em Estrela Velha. As vítimas estavam no carro, com placas do município.

Igrejinha

Um motociclista morreu ao bater o veículo contra um caminhão, no km 14 da ERS 115.

Fonte: CP

Ao menos dez pessoas morreram em acidentes registrados em rodovias federais do Rio Grande do Sul entre a madrugada de ontem e a tarde deste domingo. No mais recente, uma colisão frontal vitimou três pessoas na BR 287, em São Pedro do Sul, na região Central. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o choque ocorreu às 7h15min, no quilômetro 309,5. Um automóvel Fiat Punto, com placas de Canoas, invadiu a pista contrária e colidiu com uma carreta Scania T 113 de São Francisco de Assis, que seguia rumo a São Vicente do Sul. As vítimas, dois homens e mulher, eram ocupantes do Punto. O trânsito está em meia pista e as vítimas não foram identificadas até o momento.

Por volta das 7h, um pedestre de 24 anos morreu ao ser atropelado por um caminhão na altura do quilômetro 42 da BR 290, em Rio Grande. O responsável pelo acidente fugiu.

O primeiro acidente de domingo se registrou perto das 4h, na BR-386, em Pouso Novo, no Vale do Taquari. De acordo com a PRF, a colisão frontal entre uma CG Titan, com placa de Farroupilha, e um automóvel Toyota Corolla, de Ibiaçá, no quilômetro 290,9, matou o piloto da motocicleta. Com o impacto, ele não resistiu. Os quatro ocupantes do Corolla não se feriram.

Na noite dessa sábado, por volta das 19h30, houve uma colisão transversal entre um Fiat Uno e Palio Week, no quilômetro 438 da BR 386, em Nova Santa Rita. Segundo a PRF, o condutor do Uno, de 69 anos, morreu no local.

Em Montenegro, no quilômetro 417 da BR 386, um GM Corsa, um Toyota Corolla e um Citroen colidiram frontalmente, por volta das 15h30min. O motorista do Corsa, de 67 anos, morreu na hora. Outras quatro pessoas sofreram lesões.

Pela manhã, um motociclista de 27 anos morreu em um acidente em Nova Prata, na Serra. De acordo com a PRF, a colisão envolveu um veículo Gol com três ocupantes, que seguia na direção Vila Flores/Nova Prata, e uma Parati com outros três ocupantes. Após a colisão, a moto conduzida pela vítima parou na pista, sendo atingida por um caminhão, que não conseguiu desviar.

Os agentes da PRF também foram acionados para atender uma colisão transversal entre um Gol e um caminhão, no quilômetro 103,2 da BR 158, em Palmeiras das Missões, no início da manhã. O acidente causou a morte do motorista do carro e deixou uma passageira em estado grave, encaminhada ao hospital do município. Segundo a PRF, o acidente ocorreu quando uma Panambi fazia uma manobra de retorno em local não permitido e colidiu com o caminhão, com placas de Foz de Iguaçu, do Paraná, que seguia rumo a Boa Vista das Missões. Com o impacto, o motorista faleceu no local.

Na primeira hora do sábado, o motorista de um Chevrolet Celta faleceu após uma colisão com um micro-ônibus no km 271 da BR 158, em Júlio de Castilhos. Ele chegou a ser socorrido e hospitalizado, mas não resistiu. Um passageiro do carro teve ferimentos graves. No micro-ônibus da Secretaria Municipal da Saúde do município, o condutor ficou levemente ferido. Já os 14 passageiros do coletivo não se feriram.

*Com informações do Correio do Povo. 

Um casal, ainda não identificado, morreu no começo da manhã desta sexta-feira em uma colisão entre um carro e uma carreta registrada na BR 285 em Muitos Capões, no Norte do Rio Grande do Sul. Uma menina de três anos, que estava no banco traseiro do automóvel, sobreviveu ao acidente. 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o casal estava em um Citroen C3, emplacado em Itajaí, Santa Catarina, que transitava no sentido Vacaria-Lagoa Vermelha. No km 178 da rodovia, o carro colidiu contra um Volvo FH 440, com placas de Caxias do Sul, que vinha no sentido oposto. 

Conforme os policiais rodoviários, o Citroen do casal ficou completamente destruído por conta do choque. O homem e a mulher morreram na hora e a criança que sobreviveu foi encaminhada para atendimento no hospital de Lagoa Vermelha. Mais tarde, em função da gravidade dos ferimentos, a menina foi transferida para o Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo. O condutor do caminhão, de 37 anos, saiu ileso do acidente. 

Fonte: CP

A Brigada Militar ganhou o reforço de 506 novos soldados, sendo 121 mulheres. A formatura dos brigadianos aconteceu na manhã desta sexta-feira no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre. A próxima etapa é um estágio supervisionado de aproximadamente um mês nos municípios com maiores indicadores de criminalidade. Após este período, eles serão encaminhados aos batalhões de destino.

Antes de chegar até a formatura, os soldados fizeram o Curso Superior em Tecnologia de Aplicação de Polícia Militar. Com total de 1.650 horas-aula, o curso é dividido em três módulos com disciplinas como conhecimentos específicos da atividade policial-militar, disciplinas de direito (penal, penal militar, processo penal militar, institucional), sociologia da violência, uso da força e da arma de fogo e decisão de tiro.

Para o secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, com as novas contratações realizadas nos últimos meses, mais de quatro mil novos servidores foram incorporados à segurança pública. “Hoje estão aqui 506 novos profissionais da Brigada Militar. Ao lado deles, serão os 1.088 que se formaram no ano passado, além de mais de 700 policiais civis, mais de 100 profissionais do IGP que estão concluindo o concurso, mais de 720 novos agentes da Susepe que foram nomeados agora, além daqueles que já foram nomeados no ano passado. Isso dá mais de quatro mil servidores novos na segurança pública”, contabilizou.

O governador José Ivo Sartori participou do evento e salientou que a segurança é uma das prioridades do governo dele. “São novos policiais militares que vão reforçar o enfrentamento da criminalidade”.

Um dos momentos mais emocionantes da formatura foi quando os familiares entregaram os diplomas de formação aos novos brigadianos. Para a soldado Jéssica Machado, de Santa Maria, o momento é de muita alegria já que na família dela há vários homens que são policiais e ela é a primeira mulher da família a ingressar na corporação.

“É a realização de um sonho. Não foi a primeira vez que tentei, mas agora finalmente consegui ingressar na Brigada Militar. Sou a primeira mulher policial da família e quero honrar a farda”, relatou a nova brigadiana.

Os formandos fazem parte dos aprovados no concurso público realizado em 2014, ainda na gestão de Tarso Genro no Palácio Piratini. Um novo concurso da Brigada Militar com 4.100 vagas foi aberto no ano passado e está em andamento.