RS tem mais de 3,1 mil vagas de trabalho

Domingo, 16 Setembro 2018 18:11

O Rio Grande do Sul tem 3.183 vagas de trabalho em aberto. Do total, 2.692 são para ampla concorrência e 491 exclusivas para pessoas com deficiência. Interessados em se candidatar às oportunidades de emprego devem comparecer até uma agência FGTAS/Sine, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Os endereços e horários de funcionamento das Agências estão disponíveis no site. Das vagas para ampla concorrência, 58,5% não exigem experiência e 24,4% prescindem de escolaridade. Por outro lado, 31,5% das oportunidades exigem ensino médio completo e 26,8%, ensino fundamental completo.

As ocupações com os maiores números de vagas são alimentador de linha de produção (273), vendedor de comércio varejista (157), porteiro de edifícios (119), motorista de caminhão (82), operador de caixa (81), cozinheiro geral (67) e faxineiro (67). Já no setor econômico, 30,4% das oportunidades pertencem ao comércio; 29,9%, à indústria; 24,2%, ao setor de serviços; e 8,2%, à construção.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, neste domingo, cerca de 840 litros de whisky na BR 293, em Santana do Livramento. A carga, de origem estrangeira, é avaliada em mais de R$ 80 mil.

Segundo a PRF, durante fiscalização, uma Renault Kangoo, com placas de Santana do Livramento, foi abordada e durante a vistoria os policiais encontraram 800 garrafas de whisky, sem o devido desembaraço aduaneiro.

A carga, composta exclusivamente de whisky, foi comprada no Uruguai. A mercadoria e o veículo foram retidos e encaminhados à Receita Federal.

Um homem suspeito de assassinar a cunhada foi preso em uma pousada na tarde deste sábado, em Cruz Alta, no Noroeste do Estado. Conforme a Polícia Civil, ele foi preso em flagrante por falsidade ideológica e resistência à prisão. O indivíduo é acusado de feminicídio. O corpo da vítima foi encontrado na quinta-feira, em Gravataí, na região Metropolitana.

Conforme o delegado plantonista da DPPA, Rafael dos Santos, o homem foi localizado em uma pousada após uma denúncia anônima à Brigada Militar. Ao tomar conhecimento da presença do suspeito, policiais civis e militares se deslocaram ao local e foram ao quarto onde ele estava hospedado. "Ele tentou investir contra os policiais com uma faca nas mãos, mas foi controlado", observa. No quarto, os policiais encontraram duas garrafas de vodkas vazias.

De acordo com Santos, o suspeito se hospedou na pousada com nome e profissão falsos. "Ele estava em fuga, pois não foi encontrada nenhuma bagagem com ele", relata. Após passar por exames médicos, ele foi conduzido à delegacia da cidade. "O médico já disse que ele está bem, mas continua simulando que está desacordado", afirma. Após prestar depoimento, o suspeito deve ser conduzido ao presídio de Cruz Alta.

Fonte: CP

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) indeferiu o registro de todas as candidaturas do Partido da Causa Operária (PCO) no Rio Grande do Sul para as eleições deste ano. Em decisão unânime, o TRE apontou não haver requisitos formais para registro das candidaturas. Nessa sexta-feira, a Corte negou o último recurso do PCO e referendou a decisão.

Para as eleições de outubro, o PCO registrou Paulo de Medeiros como candidato a governador tendo Jeferson Mendes como vice. O partido também conta com um candidato para o Senado, com suplente, e mais dois postulantes que disputam uma cadeira na Câmara Federal e outra na Assembleia Legislativa.

Para o pleito de outubro, Medeiros havia informado ter recebido R$ 600 da direção nacional do PCO para realizar campanha no Estado, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Conforme o TRE, as candidaturas foram indeferidas em função do PCO não ter apresentado a prestação de contas referente à eleição passada e por não possuir diretório no Rio Grande do Sul.

“Somente poderá participar do pleito o partido político que tenha órgão de direção devidamente constituído e anotado no Tribunal Eleitoral competente até a data da convenção, conforme o disposto no art. 2º da Resolução TSE n. 23.548/17. No caso, certificado nos autos que o partido não possui diretório vigente no Estado, estando com a situação ‘suspenso por falta de prestação de contas’”, despachou o TRE.

A assessoria de imprensa do PCO informa que o partido ainda não foi notificado da decisão e que teve conhecimento do indeferimento das candidaturas por meio da imprensa. Contudo, o Partido da Causa Operária vai recorrer ao TSE para disputar as eleições de outubro. Uma nota oficial deve ser disparada pelo PCO neste sábado.

Fonte: CP

Um caminhão causou o bloqueio da entrada do município de Agudo, na ERS 348, no km 70, na madrugada deste sábado. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), por volta das 4h, a caçamba do veículo bateu no pórtico que dá acesso a cidade e causou o desabamento da estrutura. Conforme depoimento do motorista, ele não percebeu que a caçamba estava erguida quando tentou atravessar o local. Ninguém ficou ferido.

Segundo o CRBM, a rodovia está bloqueada nos dois sentidos. A alternativa para os motoristas acessarem o município é a passagem pela “Volta da Lagoa”, uma estrada do interior do local ou pela RSC 287, no trevo de acesso ao Santuário da Quarta Colônia. A prefeitura ficará encarregada da remoção da estrutura.

Fonte: CP

RS tem 167 mil hectares semeados com milho

Quinta, 13 Setembro 2018 20:53

O plantio do milho no RS chega a 23% da área estimada para a cultura para a safra de grãos de verão 2018/2019, ou seja, algo como 167 mil hectares de um total de 738 mil projetados. De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, divulgado nesta quinta-feira (13/09), as lavouras de milho que estavam emergidas no período de geadas tiveram danos nas folhas, mas já apresentam recuperação, com a maioria não indicando necessidade de replantio. “Com umidade no solo e boa insolação, as plantas estão apresentando rápido e vigoroso desenvolvimento”, avalia o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura.

Para o feijão 1ª safra, alguns produtores iniciam o preparo do solo e o manejo para implantação da cultura onde há menor probabilidade de ocorrência de geadas. O cenário ainda se mantém indefinido no quesito preço, mas o alto custo para implantação da cultura do milho e a possibilidade da implantação da soja como cultura subsequente ao feijão tornam esta cultura mais atrativa para muitos agricultores. As lavouras do cedo vão possibilitar a colheita do feijão ainda em fim de novembro e começo de dezembro, tendo um cenário muito propício para o plantio de soja como cultivo subsequente, com expectativa de boas produtividades.

GRÃOS DE INVERNO
O clima no último período foi favorável ao desenvolvimento do trigo, com as lavouras apresentando bom aspecto fitossanitário e baixa incidência de doenças. No momento, 28% das lavouras estão em perfilhamento (desenvolvimento vegetativo), sendo que a maioria se divide entre as fases de floração (42%) e enchimento de grãos (30%).

Na metade Norte do Estado, as lavouras de canola se encontram nas fases de floração, formação de síliquas e enchimento de grãos (neste momento, fase majoritária), maturação e início de colheita. A colheita iniciou pela região Noroeste, onde tradicionalmente a semeadura de algumas lavouras ocorre mais no cedo.

OLERÍCOLAS
Alface - Nesta época do ano a produção da alface e de outras olerícolas na região Central é bastante expressiva e encontra-se com bom desenvolvimento. O preço da dúzia de alface no mercado do município de Santa Maria ficou em R$14,00.

Cebola – Na Serra gaúcha, o período favoreceu a execução das práticas culturais nas lavouras. O clima seco e as temperaturas medianas possibilitaram a conclusão do transplantio, atividade que vinha sofrendo retardamento pelo excesso de chuvas e umidade do solo. Áreas de produção de cebola já em desenvolvimento demonstram boa sanidade e recuperação do vigor.

No Sul do Estado, uma das regiões mais importantes dessa atividade, seguem as liberações do crédito para o custeio da próxima safra de cebola. O transplante das mudas está concluído para todos as cultivares e ciclos, mantendo a área transplantada próxima da safra passada. Nessa região, 13 municípios cultivam uma área de 2.831 hectares com cebola, proporcionando uma estimativa de 76.200 toneladas e uma produtividade média de 27t/ha, com destaques para São José do Norte, com 1.500 ha; Tavares, com 475 ha; Rio Grande, com 250 ha; Pelotas, com 200 ha e Canguçu, com também 200 ha.

CRIAÇÕES
Bovinocultura de corte - Com o aumento das horas de luz e o início da elevação da temperatura, os campos nativos iniciam a brotação e a melhoria da qualidade nutricional. Mesmo assim, os pecuaristas são orientados para fornecer sal proteinado em cochos cobertos. Os animais têm apresentado bom ganho de peso, mas ocorre elevada incidência de tristeza parasitária bovina, com perda de animais. O período é de parição em grande parte das propriedades.

Ovinocultura - Rebanhos apresentam boas condições nutricionais, por conta do manejo em campos nativos e complementado com pastagens cultivadas de azevém. A ovinocultura está em plena época de parição. O clima ameno e seco da última semana favoreceu o rebanho, que vinha sofrendo com as fortes chuvas e as baixas temperaturas. Apesar do frio e da umidade, a mortalidade de cordeiros foi inferior ao ano passado.

A baixa oferta de animais para abate tem mantido os preços do cordeiro e do borrego em patamares elevados, que também é decorrente da época. Nos rebanhos dos pecuaristas familiares, a parição está praticamente concluída. Os próximos manejos que a Extensão Rural recomenda é monitoramento e tratamento de verminoses e início de vacinação contra clostridioses.

Um grave acidente envolvendo um caminhão e três carros, foi registrado na quarta-feira (12) na BR 280 em Guaramirim, em Santa Catarina. Morreram no local o motorista Eder da Rosa Fernandes e o filho. A mulher que estava no carro, mãe da criança e companheira do motorista, foi levada em estado grave pelo helicóptero Águia da Polícia Militar de Joinville, para o Hospital São José de Jaraguá do Sul.

Segundo testemunhas, o caminhão teria invadido a contramão e passado por cima do carro de Jaraguá do Sul em que a família estava, versão que o motorista do caminhão em entrevista exclusiva ao OCP NWES, negou e disse que quem invadiu a pista contrária foi o motorista do carro.

Eder era natural de São Sepé e tem familiares na cidade, assim como sua esposa. Ele residia e trabalhava atualmente em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, mas passou boa parte em São Sepé. Estudou nos colégios Mário Deluy, Instituto Tiarajú e CESS.  Eder iria se casar no próximo sábado.

O goleiro Gustavo do La Máquina que foi colega de Eder no CESS, lamentou a morte trágica do amigo e de seu filho.

Segundo familiares, o corpo de Eder será transladado e sepultado em São Sepé. Não há informações sobre o horário de chegada do corpo e do sepultamento.

Fonte: Jornal do Garcia – OCP NWES- SC

O candidato ao Senado Luis Carlos Heinze (PP) ao contrariar decisão nacional da legenda vai tornar público, nesta tarde, apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) deixando de lado o palanque para correligionária Ana Amélia Lemos (PP), que é vice na chapa com Geraldo Alckmin (PSDB).

O anúncio vai ocorrer a partir das 14h30, no escritório político de Heinze, no Centro de Porto Alegre. O progressista estará acompanhado do ex-governador Jair Soares (PP) e de outras lideranças do partido que também apoiam Bolsonaro. Além da convergência de ideias, Heinze busca alavancar a candidatura dele ao Senado com esta movimentação.

Desde quando era pré-candidato ao Piratini, Luis Carlos Heinze já tinha intenção de dar palanque a Jair Bolsonaro no Rio Grande do Sul. Com a definição de Ana Amélia como vice de Alckmin, o progressista teve que desistir da candidatura ao governo gaúcho para disputar uma vaga ao Senado. Com esta costura, Heinze recebeu R$ 3 milhões do PP para realizar campanha eleitoral e mais 70% do tempo destinado para coligação nas propagandas eleitorais de rádio e televisão. O segundo candidato ao Senado na chapa é Mario Bernd (PPS).

Porém, mesmo com todos os acertos, uma ala do PP no Estado sempre manifestou apoio para Bolsonaro. Na Expointer, Heinze também esteve ao lado do candidato do PSL evitando aproximação com o tucano Alckmin.

Fonte: CP

 

O Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do RS (Ipe Saúde) anunciou, na terça-feira, 11, o reajuste no valor das consultas médicas. A partir de 1º de outubro, ao invés de pagar entre R$ 7 e R$ 21 de coparticipação, o paciente terá de investir entre R$ 9 e R$ 28 por atendimento. Em média, o aumento será de cerca de 35%. O preço mensal do plano de saúde, no entanto, não sofrerá reajuste.

Com os novos valores das consultas, os profissionais habilitados como pessoa física passam a receber R$ 62 por consulta, pois atualmente é R$ 47. Já os credenciados como pessoa jurídica receberão R$ 90 por atendimento, ao invés de R$ 68. O aumento representa R$ 35 milhões a mais por ano pelo pagamento de consultas. Médicos atualmente credenciados como pessoa física podem migrar para o modelo PJ.

Segundo o presidente do Ipe Saúde, João Gabbardo dos Reis, a medida busca incentivar os cerca de 8 mil médicos a permanecerem no plano e, assim, diminuir o tempo de espera dos pacientes por consultas. "Com essa medida, mostramos um novo posicionamento do IPE para trabalhar na recomposição da remuneração dos médicos, em negociações com o Simers (Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Sul). Também esperamos aumentar a oferta de consultas, resolvendo um dos grandes problemas do IPE Saúde que era a dificuldade em agendar consultas", destacou.

 

O reajuste na remuneração dos médicos não acontecia desde 2011. Apesar de não ser considerado o ideal, o presidente Simers, Paulo de Argollo Mendes avalia o aumento como uma tentativa de inverter a tendência de decréscimo da remuneração dos médicos. "Estamos dando o primeiro passo de uma sequência de conversações que estão sendo realizadas para promover a remuneração adequada à excelência dos serviços prestados pelos médicos", ressalta.

Fonte: CP

 

Em mais um feriadão violento no trânsito, 23 pessoas morreram em acidentes no Rio Grande do Sul. A maioria das mortes - 18 - ocorreu em rodovias estaduais. Já as estradas federais, registraram cinco mortes e 37 feridos em 38 acidentes. 

De acordo com o balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre a zero hora de quinta-feira e a meia-noite de domingo, policiais federais aplicaram ainda 5.580 multas. A maioria – 3,4 mil – por trafegar acima da velocidade permitida. Além disso, 435 condutores foram flagrados realizando ultrapassagens proibidas ou irregulares. Somente no domingo, mais de uma centena foi autuada por transitar no acostamento da freeway. A operação também aplicou 2.720 testes do bafômetro, sendo que 98 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante. O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) não divulgou o número de multas em rodovias estaduais.

Um dos acidentes mais graves aconteceu na madrugada desta segunda-feira, quando três pessoas morreram e uma ficou ferida numa colisão envolvendo um ônibus e um carro em Ibirubá, no Noroeste do Estado, no km 73 da ERS 223.

De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), um ônibus da empresa Ouro e Prata, que saiu de Cruz Alta, e um Chevrolet Vectra, com placas de São Luiz Gonzaga, colidiram frontalmente. As circunstâncias do acidente ainda são desconhecidas e serão investigadas pela Polícia Civil.

O motorista do Vectra, Jonathan Ourique Barbosa, de 25 anos, e os passageiros Rafael de Menezes Azzolin, 27, e Vanessa Maciel Martins, 29, morreram no local. O quarto ocupante do veículo foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Cruz Alta. Segundo o CRBM, ele sofreu lesões leves e passa bem. No ônibus, não houve feridos.

Outros dois acidentes com ônibus também foram registrados durante o feriadão: um em Rondinha, na ERS 404, e um em Sertão, na ERS 135. Em Rondinha, a colisão envolveu um coletivo, que saiu do Paraná, e transportava torcedores que iriam assistir o clássico Gre-Nal em Porto Alegre, e uma Nissan Frontier. A colisão lateral aconteceu no km 12 da ERS 404, por volta das 6h de domingo. O motorista do carro, Cristiano Caus, morreu no local e o condutor do ônibus, Gilmar Alves da Silva, não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital.

Já em Sertão, duas pessoas morreram e 14 ficaram feridas em uma colisão entre um ônibus de excursão, com placas de Marau, e uma carreta bitrem Scania, de Erechim. O acidente aconteceu no km 38 da ERS 135. As duas vítimas fatais, identificadas como Lourdes Teresinha Pissolatto, 61 anos, e Moacir Morás, 63 anos, estavam no coletivo.

Mortes em rodovias estaduais

Sapucaia do Sul - 1 morte

Encruzilhada do Sul - 1 morte

Caxias do Sul - 1 morte

Ernestina - 2 mortes

Ipê - 1 morte

Sertão - 2 mortes

Arvorezinha - 1 morte

Nova Petrópolis - 1 morte

Rondinha - 2 mortes

Tapera - 1 morte

Tramandai - 1 morte

Ijui - 1 morte

Ibirubá - 3 mortes

Mortes em rodovias federais

Gravataí (BR 290) - 1 morte

Porto Xavier (BR 392) - 2 mortes

Muitos Capões (BR 285) - 1 morte

BR 470 - 1 morte

Fonte: CP