A Polícia Civil desencadeou, nesta segunda-feira, a operação Ponto Extremo de combate ao abigeato em propriedades rurais de Barra do Quaraí e Uruguaiana, na Fronteira Oeste, e também em Bella Unión, no Uruguai. A ação mirava uma organização criminosa que teria cometido, só em 2018, 20 furtos de animais, vendendo a carne ilegalmente.

Ao todo, oito pessoas foram presas – quatro por furto e quatro em flagrante. As autuações em flagrante foram pelos crimes de posse irregular de arma de fogo e receptação de carne de abigeato. Também foram apreendidas três armas e carne fruto de abigeato.

As investigações, que iniciaram em abril, apontaram que 11 pessoas atuavam na organização criminosa. De acordo com o delegado Cristiano Ritta, os criminosos carneavam os animais no campo, sem as mínimas condições de higiene e em total desacordo com as normas legais, sendo a carne levada para a cidade de Barra do Quaraí, onde era comercializada. “Os investigados costumavam utilizar barcos e veículos para transportarem a carne do gado furtado, sendo o Rio Uruguai muito utilizado na rota”, explicou Ritta.

Fonte: CP

Cerca de 15,6 mil segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foram convocados para perícia médica no Rio Grande do Sul. Conforme o Ministério do Desenvolvimento Social, são 13.299 aposentados por invalidez e 2.299 que recebem auxílio-doença. Eles não foram localizados anteriormente e devem agendar exames pelo telefone 135 até 13 de agosto.

O INSS não conseguiu comunicar a necessidade de renovar os exames aos convocados. A justificativa é a mudança de endereço ou cadastros incompletos. Além disso, segurados anteriores que não agendaram no prazo também foram incluídos na lista.

O site do MDS disponibiliza lista para localizar o nome dos convocados. De acordo com o edital, os beneficiários que não agendarem a perícia dentro do prazo de 20 dias corridos a partir da segunda-feira (23) terão o benefício suspenso.

Policiais militares do 2º Regimento de Polícia Montada (2º RPMon) realizaram, na quinta-feira (19), operação em conjunto com a Polícia Civil, em Santana do Livramento. Durante a ação, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva.

Foram apreendidos mais de 12 quilos de maconha, um quilo de crack, celulares, uma balança de precisão, armas, munições e R$ 1.070. Os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia.

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) emitiu nesta sexta-feira (20) uma nota informativa destinada a todos os serviços de assistência da rede pública e privada sobre o cenário epidemiológico do sarampo no Rio Grande do Sul. Neste ano, já foram confirmados no estado 13 casos da doença, registrados nos municípios de Porto Alegre (oito casos), Alvorada (dois casos), Viamão, São Luiz Gonzaga e Vacaria. A orientação aos profissionais de saúde é que estejam atentos aos sintomas e critérios de casos suspeitos, notificando essas ocorrências às secretarias municipais de saúde e ao Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

Todo o continente americano foi considerado livre do sarampo em setembro de 2016, após a ausência da circulação do vírus pelo período de 12 meses. No entanto, ainda existem muitos países no mundo onde a doença ainda circula. Na Europa, desde 2016, já foram identificados mais de 20 mil casos e 35 mortes. A partir do ano passado, as Américas voltaram a registrar casos importados. Em 2018, até o dia 16 passado, já foram confirmados mais de 2,1 mil casos, envolvendo 11 países, dos quais cerca de 1,4 mil foram registrados na Venezuela. No Brasil, já foram confirmados, neste ano, 682 casos, distribuídos em Roraima (216 casos, duas mortes), Amazonas (444 casos, uma morte), São Paulo (um caso), Rondônia (um caso), Rio de Janeiro (sete casos), além dos 13 casos no RS.

No Rio Grande do Sul, antes de ocorrer o processo de eliminação do vírus, o último caso confirmado no estado foi em 1999. Em 2010, houve oito casos importados e em 2011 foram sete. Desde então, o RS não registrava a circulação do vírus até o seu retorno em 2018.

Casos suspeitos

É considerado como caso suspeito de sarampo todo indivíduo que, independente da idade e situação vacinal, apresentar febre e exantema maculopapular (manchas vermelhas na pele), acompanhados de um ou mais dos seguintes sintomas: tosse, coriza e/ou conjuntivite. É importante que no processo de investigação se identifique história de viagem ou contato com viajantes para áreas com circulação do vírus, nos últimos 30 dias.

Vacinação é a forma mais efetiva de se proteger

A mais efetiva forma de prevenção é a vacinação. Para ser considerada vacinada, a pessoa precisa ter o registro em caderneta de vacinação conforme esquema vacinal. A rede pública de saúde oferece gratuitamente a vacina tríplice viral (que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba) para a população de 12 meses a 49 anos de idade e para profissionais de saúde e demais pessoas envolvidas na assistência à saúde hospitalar.

O esquema recomendado no calendário infantil é de duas doses, aplicada aos 12 meses de idade com a tríplice viral (TV) e aos 15 meses com a vacina tetraviral (que protege contra varicela além do sarampo, rubéola e caxumba). Para crianças acima desta idade, adolescentes e adultos até 29 anos de idade, o esquema é de duas doses com a vacina TV. Já pessoas entre 30 e 49 anos são consideradas vacinadas aquelas que comprovarem uma dose da vacina TV.

Campanha de vacinação para crianças menores de 5 anos

Ocorre entre os dias 6 e 31 de agosto a campanha nacional de vacinação contra o sarampo e a poliomielite. As vacinas serão destinadas para a faixa etária de 1 ano até menores de 5 anos, que no Rio Grande do Sul representam 528 mil crianças e a meta é alcançar, ao menos, 95% delas. Todas as crianças deste grupo, durante a campanha, devem receber uma dose extra da vacina tríplice viral, independente da sua situação vacinal (esquema completo ou incompleto). Fora da época de campanha, essas e os outras vacinas do calendário básico estão à disposição nas Unidades Básicas de Saúde ao longo dos 12 meses, dentro das idades preconizadas para as doses.

Um acidente de trânsito deixou duas pessoas mortas no começo da tarde desta sexta-feira, 20, na RSC-287, em Venâncio Aires. A colisão envolveu um Fiesta, com placas de Novo Hamburgo, e uma motocicleta Honda Tornado e aconteceu nas proximidades do Restaurante Casa Cheia, por volta das 12h15.

As vítimas são a condutora da motocicleta, identificada como Joice Stumm, de 19 anos, e o motorista do carro, Pedro José Schmidt, 50. O filho do condutor, Mateus Frantz Schmidt, de 15 anos, ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), de Venâncio. O estado de saúde do rapaz ainda é desconhecido.

Joice era moradora de Venâncio Aires e aluna do curso de Direito da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Conforme a Funerária Kist, o velório dela começa por volta da meia-noite, na Comunidade da Linha Bem Feita.

A motociclista seguia no sentido Capital-interior e o homem trafegava no sentido oposto quando aconteceu a colisão, na altura do quilômetro 81, na entrada para Linha Barbosa. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da ambulância da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), do Corpo de Bombeiros de Venâncio e do Comando Rodoviário da Brigada Militar atenderam a ocorrência. O trânsito ficou lento e chegou a ser bloqueado para remoção dos veículos e das vítimas, mas foi liberado por volta das 14 horas. 

Fonte: Portal Gaz

A Audi do Brasil Indústria e Comércio de Veículos Ltda. promove campanha de chamamento dos veículos da marca Audi, modelos A4 Avant 2.0, ano modelo 2013 e 2014; A4 Sedan 2.0, ano modelo 2013 e 2014; A5 Cabriolet 2.0, ano modelo 2012 a 2014; A5 Sportback 2.0, ano modelo 2012 a 2014 para substituição da bomba suplementar do líquido de arrefecimento do motor.

A empresa constatou que partículas no líquido de arrefecimento provenientes de agentes externos ou penetração de umidade na eletrônica da bomba suplementar de arrefecimento do motor podem acarretar no bloqueio do componente. Se bloqueada ou em curto-circuito, a bomba suplementar do líquido de arrefecimento do motor pode superaquecer, com risco de incêndio no compartimento do motor, podendo ocasionar danos materiais e físicos aos ocupantes dos veículos e a terceiros.

A Kia Motors do Brasil Ltda. promove campanha de chamamento do veículo da marca Kia, modelo Carnival, ano modelo 2016 a 2019, produzidos entre 17 de junho de 2015 e 5 de fevereiro de 2018, chassis do 113707 ao 437433 devido à problema na unidade eletrônica de comando das portas deslizantes automáticas. Entre os riscos e implicações está a continuidade do fechamento da porta automática mesmo tendo sido constatada a existência de obstáculo, com possibilidade de resultar em lesão física às pessoas e/ou membros que eventualmente estejam na rota do trilho de fechamento da porta automática.

A Polaris do Brasil Importação e Comércio de Veículos e Motocicletas Ltda. promove campanha de chamamento referente aos veículos RZR XP Turbo e RZR XP 4 Turbo, modelo 2016 a 2018, fabricados entre 2 de outubro de 2015 e 9 de dezembro de 2017, para a substituição da cobertura da bomba de combustível.  A empresa constatou que alguns veículos foram fabricados com um conjunto de flange da bomba de combustível que, quando exposto a determinados produtos químicos, pode se degradar ao longo do tempo, podendo resultar em vazamento do combustível e, consequentemente, risco de incêndio, ocasionando danos graves ou fatais ao condutor e/ou terceiros.

A Polaris do Brasil Importação e Comércio de Veículos e Motocicletas Ltda. promove campanha de chamamento referente aos veículos RZR XP 1000 e XP4 1000, ano/modelo 2014 a 2018, fabricados entre 30 de setembro de 2013 e 3 de outubro de 2017 para substituição do protetor térmico. A empresa constatou que alguns veículos foram fabricados com defletor incapaz de isolar adequadamente o calor do escapamento, podendo resultar em derretimento de componentes próximos e, consequentemente, risco de incêndio, ocasionando danos graves ou fatais ao condutor e/ou terceiros.

A Audi do Brasil Indústria e Comércio de Veículos Ltda. promove campanha de chamamento dos veículos Audi, modelos Q5 2.0 e SQ5 3.0, ano modelo 2018 para fazer a sangria do sistema hidráulico do freio traseiro. A empresa constatou falha no processo de revestimento aplicado aos pistões do freio traseiro, que pode ocasionar acidente com danos físicos e materiais aos ocupantes do veículo e a terceiros.  

Para saber se um produto é objeto de recall, o consumidor deve entrar em contato direto com o fornecedor.

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) também mantém em seu site o sistema online de recalls (http://portal.mj.gov.br/recall), com as campanhas informadas ao DPDC desde 2002. Ao acessar o sistema, é possível localizar o recall referente ao produto pesquisado, com informações sobre o período de fabricação do produto, lotes afetados, data de comunicação do recall, aviso de risco, entre outras.

Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas, na manhã desta segunda-feira, devido à explosão em um frigorífico em Taquara, no Vale do Paranhana. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incidente aconteceu por volta das 7h30min, quando uma caldeira com água quente explodiu.

Dois homens morreram no local. As quatro pessoas que ficaram feridas foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo os bombeiros, elas não sofreram ferimentos graves e passam bem.

A explosão aconteceu no Embutidos Smaniotto, no bairro Tucanos. O local está isolado para trabalho da perícia. No momento do incidente, os funcionários estavam chegando para trabalhar. Não há informações de quantas pessoas estavam no frigorífico.

Fonte: CP

Após ser acusado de assédio sexual contra servidoras do executivo, o prefeito de Não-Me-Toque, Armando Carlos Roos (PP), foi afastado do cargo na manhã desta segunda-feira. Os nove vereadores que compõe o legislativo municipal cumpriram a decisão judicial proferida na última sexta-feira pelo juiz Márcio Cesar Sfredo Monteiro a pedido do Ministério Público.

Segundo a presidente da Câmara, vereadora Marina Fatima Crestani, como Roos não estava na prefeitura, a notificação foi entregue ao vice-prefeito Pedro Paulo Falcão da Rosa, que assume o cargo a partir de agora. “Nesse mesmo momento, ele já tomou posse como prefeito até segunda ordem. O prefeito que foi afastado tem 15 dias para recorrer”, explicou a presidente do legislativo municipal.

Conforme a denúncia, Roos se valeu da condição de prefeito para constranger pelo menos duas servidoras, a fim de obter favores sexuais, no primeiro semestre do ano passado.

No despacho, o juiz justifica a ordem de afastamento pelo risco às investigações e ao andamento regular do processo. Ele cita provas, incluídas nos autos, de que o prefeito “não poupa esforços e recursos públicos para retaliar a conduta” de vítimas e testemunhas do processo.

Monteiro detalha que as duas servidoras que denunciaram o assédio sofreram retaliações, como transferência de posto, perda de gratificações e, uma delas, a exoneração. Ambas também se queixaram de ameaças e perseguições.

Um homem, ainda não identificado, morreu no começo da manhã desta segunda-feira ao ser atropelado por um ônibus na BR 116, em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no km 243, no sentido crescente da rodovia. 

Conforme a PRF, o atropelamento aconteceu em uma pista lateral e envolveu um coletivo da empresa Citral. O trânsito teve de ser desviado pelo interior da cidade logo após o acidente.

Fonte: CP

PRF apreende carga de vestuário em Bagé

Segunda, 09 Julho 2018 19:17

A PRF apreendeu um caminhão carregado com fardos de vestuário de origem estrangeira na noite de domingo (8), na BR 153 em Bagé.

Durante atividades de fiscalização e combate ao crime, os policiais abordaram um caminhão com placas de Santana do Livramento que transitava pela BR 153.

Ao vistoriar o compartimento de carga, a equipe policial encontrou cerca de 60 fardos contendo peças de vestuário de origem estrangeira sem o devido desembaraço aduaneiro.

O motorista do caminhão, um homem de 36 anos natural de São Borja, disse aos policiais que foi contratado por um desconhecido para transportar a carga até a cidade de Pelotas.

O veículo e a mercadoria foram retidos e encaminhados à Receita Federal.