A PRF apreendeu um veículo carregado com mercadorias estrangeiras acima da cota permitida na noite de quinta-feira (15), na BR 158 em Rosário do Sul.

Durante ações de fiscalização, os policiais abordaram um Marea com placas de Sapucaia do Sul que transitava pela BR 158 e, ao vistoriar o interior do veículo, encontraram cerca de 170 litros de bebida alcóolica, mais de 400 latas de bebida energética, ventiladores e 50 caixas contendo desodorantes.

Segundo o condutor, o destino da carga seria a cidade de Sapucaia do Sul. O veículo e a mercadoria foram retidos e serão encaminhados à Receita Federal.

A mulher está presa preventivamente no Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier

 
 

A justiça negou o pedido de habeas corpus a proprietária da clínica particular Vacix, de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, que estava aplicando vacinas irregulares. A decisão foi proferida na noite dessa quinta-feira (05).  A mulher, presa preventivamente no Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier, responderá por crimes contra as relações de consumo e contra a saúde pública.

Conforme as investigações, estão sendo apuradas a não aplicação de vacinas contra febre amarela e meningite – os recipientes estariam vazios –, e também o reaproveitamento de materiais, como agulhas. As denúncias teriam sido repassadas diretamente à Polícia Civil.

O governo do Estado, por meio de nota, solicita que as pessoas que foram vacinadas no local entrem em contato com a Gerência de Vigilância em Saúde municipal o mais breve possível.

Confira a íntegra da nota do Governo:

Em virtude da interdição cautelar da Clínica de Vacinas Vacix – situada na Avenida Dr. Maurício Cardoso, nº 931, sala 6, no bairro Hamburgo Velho -, efetuada pela Vigilância Sanitária de Novo Hamburgo, solicitamos às pessoas que foram vacinadas neste estabelecimento que entrem em contato o mais breve possível com a Gerência de Vigilância em Saúde municipal através dos seguintes meios de comunicação: e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou telefone (51) 3097-9411, das 8h às 17h.

Ao efetuar o contato, solicitamos que informem os seguinte dados: nome completo do usuário (no caso de criança ou adolescente, nome do responsável), data de nascimento, carteira de vacinação com o registro das vacinas aplicadas, endereço completo e telefone. Os casos serão avaliados individualmente e receberão as devidas orientações.

A Secretaria da Saúde (SES), em parceria com a Secretaria de Saúde de Novo Hamburgo, ressalta que está adotando todas as medidas cabíveis a fim de minimizar possíveis danos sofridos pelos usuários.

Fonte: CP

De sexta até a terça-feira de Carnaval, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou mais de 10 mil infrações de trânsito em rodovias federais no Rio Grande do Sul. A maioria das autuações - 71% - foi por excesso de velocidade, um dos fatores que mais agrava acidentes, segundo a PRF. De acordo com a PRF, em quatro dias, houve 79 acidentes nas estradas federais do Rio Grande do Sul. Do total, sete colisões com gravidade que provocaram a morte de ao menos dez pessoas – duas delas faleceram no hospital, após atendimento médico.

O balanço parcial da operação Viagem Segura de Carnaval foi divulgado nesta quarta-feira e aponta ainda que 164 pessoas foram multadas por embriaguez ao volante. Do total, 96 motoristas se recusaram a fazer o teste do bafômetro, mas, mesmo assim, foram autuados em quase R$ 3 mil e tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida.

Além do policiamento ostensivo, a PRF utilizou o videomonitoramento para flagrar os motoristas que cometeram infrações, principalmente os que transitaram indevidamente pelo acostamento. A operação Viagem Segura de Carnaval segue até a meia-noite desta quarta-feira.

Rodovias estaduais

O último balanço de acidentes em rodovias estaduais foi divulgado às 14h de terça-feira pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). De sexta-feira até ontem foram registrados 91 acidentes, sete deles com vitimas fatais.

Fonte: CP

De sexta até segunda-feira, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 7,6 mil infrações de trânsito em rodovias federais. O balanço parcial da operação Viagem Segura de Carnaval aponta que, do total de multas, 5,7 mil são por excesso de velocidade, o que representa 75% do total.

Durante o período, a PRF realizou ainda 3 mil testes do bafômetro, que resultaram em 105 pessoas multadas. Desses, 65 motoristas foram autuados por se recusarem a fazer o teste. Mesmo assim, foram multados em quase R$ 3 mil e tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida.

Além do policiamento ostensivo, foi utilizado videomonitoramento para flagrar os motoristas que cometeram infrações, principalmente os que transitaram indevidamente pelo acostamento.

Até a manhã desta terça-feira, aconteceram sete acidentes graves em rodovias federais, que causaram a morte de dez pessoas – oito no local da ocorrência e outras duas que chegaram a ser socorridas, mas morreram no hospital.

Fonte: CP

Um motorista morreu em um acidente envolvendo três carros na tarde deste domingo na BR 290 em Cachoeira do Sul, na Região Central do Estado. Outras quatro pessoas ficaram feridas e foram levadas para atendimento.

O acidente ocorreu no km 258 da rodovia e envolveu, além do Gol que dirigia a vítima, um Fiat Strada e um UP, com placas da Argentina.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o gol colidiu de forma frontal com o UP e depois ainda acertou a camionete Strada, que vinha no sentido contrário.

Em razão do acidente, a rodovia foi bloqueada e liberada após o trabalho da perícia. Não estava chovendo no momento da batida

Fonte: CP

Sem contar com um canil municipal, a cidade de Campo Bom implantará, até março, um castramóvel para realizar procedimento cirúrgicos em animais de rua. Segundo o secretário de Meio Ambiente, João Flávio da Rosa, um dos pré-requisitos para iniciar o serviço foi o mapeamento do número e locais de maior concentração dos animais. "Começamos a fazer esse levantamento em junho do ano passado com auxílio dos agentes comunitários de saúde e chegamos ao alarmante dado e 1,5 mil animais abandonados."

As regiões com maior concentração dos cães e gatos são os bairros Santa Maria, Quatro Colônias Norte e as zonas industriais, próximas à ERS 239. "As áreas de maior vulnerabilidade social têm maior concentração de animais. Só no bairro Imigrante Norte são mais de cem, o que torna o local prioritário para ações de fiscalização, controle populacional e de doenças”, alerta. Outros projetos estão sendo criados para a população animal. "Teremos também um centro de bem-estar animal que funcionará em um contêiner, já adquirido, que foi adaptado segundo normativa do Conselho Regional de Medicina Veterinária do RS, para abrigar salas cirúrgicas para procedimentos mais complexos e atendimento médicos." O local terá capacidade para 20 animais.

A ambulância onde funcionará o castramóvel seria leiloada e foi recuperada, com investimento de R$ 100 mil. O trabalho está sendo feito em parceria com ONGs. Figura já conhecida entre os moradores da avenida Goiás, no bairro Imigrante Norte, o vira-lata Capitão é um dos que foram contabilizados no censo da prefeitura. Ele foi adotado pelos moradores.  

Fonte: CP

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou mais de 2,6 mil veículos acima da velocidade permitida entre sexta e sábado nas rodovias do Rio Grande do Sul. O balanço parcial da Operação Viagem Segura foi divulgado neste domingo. A PRF fez uso de radares fotográficos para flagrar o excesso de velocidade e, na Freeway, além das rondas ostensivas, utilizou as câmeras da concessionária para flagrar os motoristas que insistem em transitar pelo acostamento.

Segundo a PRF, foram mais de 140 multas para veículos transitando pelo acostamento entre sexta e sábado. O uso do local na Freeway, quando permitido, é liberado no sentido capital x litoral apenas entre os kms 75 até o 60 e, no sentido inverso, entre os kms: 1,5 ao 26, apenas para veículos leves, e com autorização feita por sinais luminosos piscantes, e em velocidade máxima de 70km/h.

De acordo com o balanço parcial da PRF, em cinco acidentes com morte nas rodovias federais, seis pessoas perderam a vida no local da ocorrência, e mais duas morreram no hospital, enquanto eram atendidos. A Operação Viagem Segura segue até o final da próxima quarta. 

A juíza Sonáli da Cruz Zluhan, da Vara de Execuções Criminais (VEC) de Porto Alegre, determinou a condução coercitiva do Secretário da Segurança Pública do Estado, Cezar Schirmer, por descumprimento de ordem judicial. Conforme a decisão, Schirmer terá de se apresentar à sede do Juizado Especial Criminal (Jecrim), ou à delegacia de polícia, para lavratura de termo circunstanciado por delito de desobediência. Além disso, o titular da SSP também deveria sofrer bloqueio de R$ 5 mil de sua conta corrente. Uma decisão da 1ª Câmara Cível da Capital emitiu liminar contra a decisão da magistrada, suspendendo os “atos alegadamente ilegais e abusivos”.

Além disso a liminar também suspendeu a multa imposta ao secretário e ao superintendente da Susepe. A tipificação de crime de desobediência para um eventual descumprimento da decisão da VEC por parte do secretário também foi derrubada pela liminar.

A decisão se baseia em alegado descumprindo de ordem judicial de outubro de 2017, que determinou que os presos recolhidos no Centro de Triagem da Cadeia Pública de Porto Alegre fossem removidos para penitenciárias dentro do prazo de cinco dias. Isso, no entanto, não estaria sendo realizado. A juíza considerou a situação como “péssima, pior do que estava anteriormente".

No texto, a juíza ainda alega que o secretário foi intimado a depor, mas o prazo teria decorrido sem qualquer manifestação do secretário, levando à decisão pela condução coercitiva. Apontou ainda que o superintendente da Susepe, Angelo Carneiro, não foi encontrado para intimação. Além disso, para garantir a transferência dos apenados nos Centros de Triagem (CTs), a VEC determinou que as casas prisionais do Complexo de Charqueadas e Arroio dos Ratos fossem oficiadas e não recebessem quaisquer presos que não fossem provenientes dos CTs de Porto Alegre. O descumprimento também seria tomado como delito de desobediência. A medida valeria até a total desocupação dos Centros de Triagem.

Já na decisão da liminar, o desembargador Sérgio Luiz Grassi Beck determinou prazo até o dia 12 de fevereiro para que o Estado apresente a situação dos Centros de Triagem para análise da VEC. Dentro desse período, igualmente, não terá efeito a decisão de encaminhar os detentos dos CTs para outras cadeias e o fechamento das unidades de triagem, “a fim de evitar colapso no recolhimento de presos durante o feriado de Carnaval”.

A Secretaria de Segurança Pública, por sua vez, garante que já acionou a Procuradoria-Geral do Estado, que impetrou o mandado de segurança acatado pela 1ª Câmara Cível de Porto Alegre. Informou, ainda, que a PGE-RS também recorreu junto ao TJRS e aguarda a decisão do Poder Judiciário.

O secretário Cezar Schirmer se manifestou em nota. O documento afirma que o político “reitera o respeito que possui pelo Poder Judiciário e todos os seus integrantes. No entanto, considera a decisão da juíza da Vara de Execuções Criminais de Porto Alegre – que estabelece condução coercitiva e multa pessoal –, absurda, abusiva, arbitrária e injusta”

Fonte: CP

Cerca de 100 mil pontos em Porto Alegre, Viamão e Alvorada, na região Metropolitana, estão sem energia elétrica, no fim da tarde desta sexta-feira. O problema decorre do forte temporal que atingiu a Capital no meio da tarde. Os ventos foram de aproximadamente 80km/h e derrubaram diversas árvores, além de causar alagamentos na cidade.

Os pontos sem luz na Capital concentram-se nas regiões Central e Norte – em diversos bairros da zona Sul sequer choveu. Segundo a CEEE, equipes já trabalham para resolver o problema. A empresa não informou um prazo para o retorno do serviço.

No Litoral Norte, um eucalipto caiu sobre uma linha de transmissão. Aproximadamente 45 mil casas ficaram sem eletricidade no meio da tarde, mas a luz já retornou, de acordo com a CEEE.

Fonte: CP

A Secretaria da Educação (Seduc) abre, nesta quinta-feira (8), as inscrições para o edital de 2018 para Cadastro Temporário de Contratação Emergencial de Professores. Cada candidato pode se cadastrar em até dois municípios por edital, e devem se candidatar pela internet no link ou nas Coordenadorias Regionais de Educação. 

O sistema funciona como um banco de cadastro, no qual os selecionados são chamados conforme a necessidade. Não há nenhum tipo de prova de seleção, a classificação é feita de acordo com os critérios do edital. Cada cadastro tem validade de três anos e a prioridade de convocação é do edital mais antigo ao mais recente, em ordem de classificação. 

Quem já se inscreveu em editais passados pode se inscrever novamente. Após a inscrição, os candidatos devem levar a documentação necessária, diretamente na Coordenadoria Regional de Educação escolhida na inscrição. O período de inscrições se encerra na segunda-feira (19).