Autor de chacina em Pinhal Grande está sendo julgado hoje

Terça, 12 Junho 2018 13:02 Publicado em regionais

Teve início ás 09h30min dessa terça-feira, dia 12 de junho, em Júlio de Castilhos, o julgamento de Ariosto da Rosa, autor confesso de uma chacina ocorrida em Pinhal Grande, em novembro de 2016.

O agricultor é acusado de matar a tiros, quatro pessoas no interior do município da região Central do RS, e também por estupro. Em 29 de novembro de 2016, o acusado estuprou e matou a enteada, Bianca Moraes de Salles, de 16 anos, e assassinou Alex Cardoso Leal, de 17 anos, e Iran Gonçalves dos Santos, de 10 anos, filhos de pessoas com quem mantinha desavenças.

Em outra localidade do município Ariosto matou o idoso Afonso Gonçalves, de 60 anos, com quem teve uma discussão. O acusado só foi localizado pela Polícia 20 dias após o crime, no interior de Dona Francisca. Ariosto está preso desde então.

O Júri Popular será presidido pelo juiz Ulisses Drewanz Gräbner. O advogado Daniel Tonetto assiste à acusação do Ministério Público.

Fonte: Radio Medianeira