Morre idoso apontado como responsável por tiroteio com óbitos e feridos em Salto do Jacuí

Sexta, 02 Fevereiro 2018 19:17 Publicado em Policia

Varonil Schneider, 80 anos, atirou contra grupo que invadia chácara, conforme as investigações

 
 

Um idoso apontado como responsável por matar dois homens e ferir três durante desentendimento no município de Salto do Jacuí, na região Noroeste do Rio Grande do Sul, morreu na manhã de sexta-feira na CTI do Hospital São Vicente de Paulo, em Cruz Alta. O delegado Josuel dos Reis Muniz, responsável pela investigação do caso, identificou o idoso como Varonil Schneider, 80 anos.

De acordo com o apurado até o momento, Schneider começou a atirar contra o grupo que, frequentemente, invadia a  chácara da qual ele era proprietário, localizada em uma zona afastada da cidade e onde existe um garimpo de pedras, no bairro Cruzeiro. Conforme Muniz, os dois homens que morreram atingidos pelos disparos de arma de fogo foram identificados como Alexandre da Trindade de Matos, de 33 anos, natural de Salto do Jacuí e Francelino de Matos, de 58, natural de Espumoso. Os três feridos foram socorridos ao hospital de Salto do Jacuí.

Após o ocorrido, Schneider tentou fugir da própria residência, alvejada por moradores e familiares das vítimas. Quando saiu da casa, o idoso sofreu um disparo na região do abdome. Uma viatura da Polícia Civil chegou ao local e o levou até o hospital de Salto do Jacuí. Em seguida, manifestantes atearam fogo à residência dele.

Em frente ao hospital da cidade, conforme Muniz, aproximadamente 100 pessoas protestaram, nessa quinta-feira, dizendo que pretendiam invadir o local para matar o idoso. Com isso, Schneider foi novamente levado pela Polícia Civil, dessa vez pelos fundos do hospital, até Cruz Alta, onde faleceu nessa manhã.

No interior da residência de Schneider, conforme o delegado, foi encontrada uma espingarda calibre 28 municiada com cartucho recarregado. Segundo Muniz, a investigação está em andamento. Familiares das vítimas foram ouvidos e, de acordo com ele, a autoria do duplo homicídio e das três tentativas está clara. “Precisamos esclarecer alguns detalhes e apurar a autoria da tentativa de homicídio contra o idoso e o incêndio em seu domicílio”, explicou Muniz.

Fonte: CP