Justiça dá prazo de 10 dias para MST liberar área da CEEE em Candiota

Sexta, 02 Fevereiro 2018 19:13 Publicado em Policia

Integrantes do Movimento ocuparam a fazenda de 280 hectares em 19 de janeiro

 
 

A Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) obteve, por meio de decisão judicial, a reintegração de posse da área localizada em Candiota, no Sudoeste do Estado, ocupada por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). O deferimento do pedido, feito pela Companhia ocorreu ainda na terça-feira, mas só foi divulgado hoje. Após entrega da intimação, que deve ocorrer no início da próxima semana, grupo vai ter 10 dias para deixar o local voluntariamente.

Os membros do MST ocuparam a fazenda de 280 hectares no dia 19 de janeiro. A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) recebeu a liminar com o pedido, ainda no mesmo dia da ocupação. De acordo com a decisão, o município deve providenciar, dentro do prazo de 30 dias, local para desocupação voluntária, assegurando o direito à moradia das cerca de 250 famílias que permanecem na área.

Última modificação em Sexta, 02 Fevereiro 2018 20:03