Temporal suspende semifinal da Copa São Paulo entre Inter e São Paulo

Terça, 23 Janeiro 2018 00:45 Escrito por  Publicado em Brasileirão Lido 214 vezes
Temporal suspende semifinal da Copa São Paulo entre Inter e São Paulo Foto: Alex Silva / AE

A decisão da semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, entre Inter e São Paulo, foi suspensa na noite desta segunda-feira e recomeçara nesta terça às 15h. O Colorado foi dominado no primeiro tempo e saiu no lucro com a derrota por 1 a 0. Na segunda etapa, contudo, um temporal tornou as condições de jogo completamente imprevisíveis e na base da vontade o Inter conseguiu um pênalti para igualar o placar. Logo depois, o temporal – com muitos raios – impediu a continuidade do jogo.

 

O primeiro tempo foi de domínio total dos paulistas, após um gol aos 32 segundos de bola rolando. Helinho ajeitou de peito na frente da área e Luan disparou um chutaço no ângulo, sem chances para Carlos Miguel. Tocando bem a bola, o Tricolor Paulista envolveu a equipe gaúcha e empilhou chances de gol, sem deixar o Colorado passar do meio-campo.

 

O goleiro Carlos Miguel ainda impediu que o placar se ampliasse em conclusões de Toró e Liziero. Aos 27 minutos, o São Paulo conseguiu um pênalti. Liziero bateu forte, mas quase no meio do gol e o goleirão colorado fez a defesa. Antes da virada do intervalo, Igor Gomes ainda perdeu chance na marca do pênalti, isolando por cima.

 

Inter tem pênalti em “polo aquático”

 

A chuva começou a apertar no fim do primeiro tempo e desabou de vez antes do recomeço da partida. Mesmo com o campo transformado numa piscina, a arbitragem determinou condições para jogo e deu o apito para rolar a bola. Rolar era apenas uma figura de linguagem, já que a pelota parava a todo momento nas poças d'água.

 

O jeito foi mandar balões para a frente e ver o que acontecia. Em meio aos relâmpagos, escorregões, sustos e muito barro, o Inter deu jeito de invadir a área. Ian Carlos tentou dominar a bola e foi derrubado. Penalidade!

 

Antes da cobrança, ocorreu a primeira paralisação com uma queda de luz. O jogo ficou parado dez minutos e, na retomada, Richard cobrou o pênalti. Bateu com força no meio do gol e igualou o placar. A partida ainda durou mais cinco minutos, quando os jogadores começaram a se assustar com os raios e o árbitro, por segurança, definiu a parada.

 

Os dois times chegaram a voltar para o gramado e, só depois disso, a arbitragem decidiu por adiar o confronto para esta terça.

Fonte: CP