Grêmio perde para o Bahia com pênalti no último minuto

Segunda, 25 Setembro 2017 11:36 Escrito por  Publicado em Gaúcho Lido 107 vezes
Bahia venceu o Grêmio com gol no último minuto | Bahia venceu o Grêmio com gol no último minuto | Foto: Romildo de Jesus / Futura Press / CP

Luiz Flávio de Oliveira marcou infração em lance de Edílson com Allione nos acréscimos.

 

O Grêmio novamente sentiu a ausência de Luan, criou pouco e foi derrotado pelo Bahia na Fonte Nova na noite deste domingo em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória do time baiano foi marcado já nos acréscimos da partida em pênalti polêmico marcado pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira que Rodrigão converteu.

 

 

Com a derrota, o Grêmio vê a distância para o líder Corinthians aumentar para 11 pontos. O Tricolor ainda perdeu a vice-liderança da competição para o Santos. O time de Renato Portaluppi volta a campo no próximo domingo, às 16h, para enfrentar o Fluminense na Arena. A expectativa é que Luan possa retornar para essa partida. Michel, Kannemann e Bressan serão desfalques por suspensão.

O jogo

 

Sem poder ainda contar com Luan e com Lucas Barrios poupado, o técnico Renato Portaluppi deu chance para Arroyo e Jael iniciarem como titulares diante do Bahia. No meio-campo, Ramiro novamente foi escalado como meia centralizado. E, mais uma vez, o camisa 17 não teve boa atuação. Com pouca criatividade no meio-campo, o Grêmio quase não ameaçou o Bahia ao longo da primeira etapa. As poucas chances vieram em tiros de fora da área. O time da casa teve volume de jogo, mas parou em Paulo Victor.

 

A partida iniciou com o Bahia pressionando o Grêmio. Nos primeiros 15 minutos, os mandantes tiveram três boas chances para marcar. Duas delas foram com Juninho em chutes de fora da área defendidos por Paulo Victor. Mas o melhor lance do goleiro gremista foi aos 7, quando ele saiu duas vezes na mesma jogada para evitar o gol. Na primeira, impediu a finalização de Mendoza e, na sequência, travou a tentativa de Rodrigão.

 

O Grêmio foi chegar com perigo apenas aos 25, quando Fernandinho foi derrubado na entrada da área. Ele mesmo bateu e mandou por cima do gol. Aos 27, Arroyo recebeu passe de Edílson e chutou forte uma bola que passou próxima do ângulo esquerdo de Jean.

 

O Bahia voltou a ameaçar aos 33 novamente com Juninho. O volante chutou da entrada da área, a bola desviou em Bressan e passou à direita do gol. Na cobrança do escanteio, Edson ganhou de Edílson pelo alto e cabeceou para baixo. Mais uma vez Paulo Victor apareceu bem e fez uma grande defesa para manter o placar em 0 a 0.

 

Com pouca capacidade de criação no meio-campo, o Grêmio voltou a levar perigo apenas nos acréscimos do primeiro tempo. Edílson bateu falta com força e Jean pulou no canto para fazer sua única defesa na primeira etapa.

 

Castigo no fim

 

Apesar do primeiro tempo ruim, Renato não mexeu no Grêmio para a etapa final. No Bahia, Allione entrou no lugar de Vinícius.

 

O Grêmio seguiu com pouca criação e sem produzir quase nada nos primeiros minutos do segundo tempo. A vantagem em relação à primeira etapa foi que o Tricolor parou de correr risco na defesa. Vendo isso, o treinador do Bahia, Preto Casagrande, mexeu no seu ataque aos 14 minutos: Edigar Junio no lugar de Zé Rafael. Renato respondeu com duas mudanças no setor ofensivo. Primeiro, Patrick entrou no lugar de Ramiro. Logo depois, Everton foi chamado para a vaga de Arroyo.

 

As trocas de Renato fizeram o Grêmio melhorar. Logo em seu primeiro lance, Everton fez jogada individual pelo lado esquerdo e cruzou para Jael. O gol só não saiu porque Lucas Fonseca apareceu na hora certa para tirar a bola e mandar para escanteio.

 

Aos 31, o Grêmio teve sua grande chance para vencer o jogo. Novamente, Everton avançou pela esquerda e cruzou, Jael ajeitou para Patrick, que soltou a bomba e acertou o travessão. A bola ainda sobrou para Fernandinho, que finalizou e Jean foi no canto para fazer a defesa.

 

A melhora com as trocas, porém, não foi suficiente para o Grêmio vencer o Bahia. E quando o empate parecia certo, Allione invadiu a área aos 48 minutos e na disputa com Edílson foi para o chão. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira entendeu o lance como falta e marcou pênalti para o time baiano. Após quase 5 minutos de reclamações dos jogadores gremistas, Rodrigão bateu e converteu, 1 a 0, placar final.

 

Brasileirão 2017 - 25ª rodada

 

Bahia - 1

Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca, Juninho Capixaba; Edson, Juninho, Vinícius (Allione), Zé Rafael (Edigar Junio), Mendoza; Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande

 

Grêmio - 0

Paulo Victor; Edílson, Bressan, Kannemann, Cortez; Michel, Arthur, Fernandinho (Léo Moura), Ramiro (Patrick), Arroyo (Everton); Jael. Técnico Renato Portaluppi

 

Gol: Rodrigão (51min/2ºT)

Cartões amarelos: Eduardo Oliveira, Lucas Fonseca (BAH); Michel, Arroyo, Jael, Bressan, Kannemann (GRE)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Local: Arena Fonte Nova, Salvador

 

Fonte:CP