Conheça as 6 principais doenças oculares que atingem os idosos

Sexta, 22 Setembro 2017 14:38

Com o passar do tempo, o corpo fica mais frágil, a memória já não é mais tão boa e os idosos precisam de alguns cuidados especiais, com a saúde dos olhos não é diferente. Os idosos são os principais atingidos pelos problemas de visão como a vista cansada, catarata, glaucoma e retinopatia diabética.

Existem diversas doenças que podem afetar a visão dos idosos e a grande maioria não tem uma causa aparente, porém elas estão associadas a alguns fatores: tabagismo, diabetes, hipertensão arterial e excesso de exposição ao sol. As principais doenças que atingem a saúde dos olhos na terceira idade são:

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) - Principal causadora de cegueira em idosos, a doença consiste na degeneração da estrutura localizada na parte posterior do olho. O DMRI surge com o embaçamento da vista e distorção das formas, evoluindo para a perda gradual e irreversível da visão, porém se detectado no início, pode ser controlada. Outros sinais da doença são: dificuldade na leitura, visão com linhas onduladas, pontos escuros ou espaços em branco.

Presbiopia - Atinge pessoas acima dos 40 anos de idade, é popularmente conhecida por cansaço da visão e se caracteriza pela perda da qualidade visual para perto.

Catarata - Comum após os 50 anos de idade, a catarata consiste na perda progressiva da transparência do cristalino, deixando assim a visão embaçada. A doença ocorre de maneira natural e pode ser acelerado por diversas doenças como, por exemplo, o diabetes. A catarata é o principal motivo da cegueira reversível no mundo.

Glaucoma - A doença provoca lesão no nervo ótico, podendo levar a cegueira irreversível, caso não seja diagnosticada a tempo. É provocada pelo aumento da pressão ocular e pode ocorrer em um ou nos dois olhos.

Retinopatias - São complicações provocadas pelo diabetes e hipertensão arterial, a doença altera os vasos sanguíneos causando má circulação na retina. A retinopatia se instala lentamente e os sintomas variam, sendo mais comum a visão borrada, a impressão de ter moscas voando ou flashes sendo disparados e até mesmo a perda repentina da visão.

Olho seco - Provocada por alteração nas glândulas lacrimais desestabilizando a superfície ocular. A doença atinge principalmente mulheres após a menopausa, pacientes com uso crônico de alguns medicamentos ou aqueles que são submetidos a tratamentos de quimioterapia ou radioterapia.

 

Qualquer diferença que sinta na visão procure um médico oftalmologista, possibilitando uma possível identificação precoce de doenças. Os médicos indicarão quais os tratamentos mais adequados para controlar evolução das doenças e impedir danos futuros irreversíveis.