Piloto morto em queda de avião em São Paulo era de Pelotas

Segunda, 30 Julho 2018 21:01 Publicado em Estadual

A vítima fatal do acidente envolvendo um avião de pequeno porte em São Paulo foi identificada como Antonio Traversi, de 50 anos. Ele era natural de Pelotas, na zona Sul do Estado, e pilotava a aeronave da empresa Videplast, de Santa Catarina, que caiu por volta das 18h de domingo, no Aeroporto de Campo de Marte. Ainda não há informações sobre o velório.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Traversi ficou preso às ferragens e não resistiu aos ferimentos, morrendo no local. Outras seis pessoas ficaram feridas. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que administra o aeroporto, informou que o acidente ocorreu durante um procedimento de arremate, quando o piloto aborta um procedimento de pouso. De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve um princípio de explosão ao tocar o solo.

Dois sobreviventes foram levados para a Santa Casa, um deles com trauma de abdômen e outro com trauma cranioencefálico leve. Dois passageiros foram encaminhados para hospitais particulares, o São Camilo e o San Paolo, com ferimentos na cabeça. Outro sobrevivente foi encaminhado para o Hospital Mandaqui. O passageiro que estava ao lado do piloto e que também ficou preso entre as ferragens foi socorrido por helicóptero e levado ao Hospital das Clínicas.

O avião de matrícula PPSZN é um bimotor com capacidade para sete passageiros fabricado pela Hawker Beechcraft, que pertence à empresa Videplast. De acordo com o registro na Agência Nacional de Avião Civil (Anac), o avião foi fabricado em 2008 e estava em estado regular.

Fonte: CP

Última modificação em Segunda, 30 Julho 2018 21:06