Fernando Ávila Trio subiram ao palco da Basílica da Medianeira para mais uma apresentação do Projeto Medianeira Instrumental

Segunda, 18 Junho 2018 15:00 Publicado em Cinema Lido 693 vezes

Acordeon, violão, violino e o talento musical de Fernando Ávila Trio aqueceram a noite de domingo no Projeto Medianeira Instrumental

 

Ao som de acordeon, violão e violino, dezenas de pessoas aqueceram o corpo e a alma durante a 7ª apresentação do Projeto Cultural Medianeira Instrumental, desenvolvido pela Arquidiocese de Santa Maria.

O espetáculo musical proporcionado Fernando Ávila Trio, aconteceu na noite de domingo, dia 17 de junho, no Santuário Basílica da Medianeira, em Santa Maria.

Na noite fria, mas que foi aquecida com a boa música instrumental, o acordeonista Fernando Ávila apresentou ao público presente o concerto “A Lua de Santiago”, acompanhado dos músicos Felipe Martini (violão) e Ariel Polycarpo (violino).

A Lua de Santiago é o primeiro álbum da carreira do compositor e acordeonista Fernando Ávila, cujas canções transitam pela música regional do Rio Grande do Sul e também pela música brasileira e latino-americana.

O disco traz a sonoridade da música de câmara, conciliando acordeon e quinteto de cordas. Além das obras de Ávila, o repertório tem músicas de Frank Marocco, Felipe Martini e João Paulo Sefrin, bem como o poema de Róger Wiest que dá título ao projeto.

Durante o evento, o músico interagiu com o público e falou sobre o trabalho “A Lua de Santiago” que surgiu em 2017 a partir de um menino de três anos chamado Santiago, filho de um amigo do músico que mostrou a ele a lua cheia no céu e este momento marcou o cantor que se inspirou a compor a música “Luna” dedicada ao menino. O pai do menino, o compositor Róger Wiest também compôs um poema que é recitado no início da música.

Um dos destaques da apresentação foi de que o repertório de 15 canções apresentado no domingo, todas as músicas são de autoria de Fernando Ávila e Felipe Martini, exceto Ária Metropolitana e Walking Clown, de Mariano Telles e Ricardo Bordin.

Durante uma hora de apresentação, o público teve a oportunidade de interagir com os artistas e aprovaram o repertório com muitos aplausos. Ao final da apresentação os artistas receberam os cumprimentos do público, participaram de sessão de fotos e autografaram CDs.

Apesar de jovens, os integrantes do trio mostraram talento e profissionalismo na música e também muita simpatia que conquistou o público.

“Maravilhoso espetáculo, são muitos talentosos”, disse Claudia Squarcieri, uma das expectadoras que não perde uma apresentação do Projeto Medianeira Instrumental, acompanhada do filho Davi.

A apresentação também contou com a presença do Arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert, patrocinadores do projeto, representantes de entidades, estudantes do curso de música da UFSM e demais apreciadores da música instrumental.

O Projeto “Medianeira Instrumental” é desenvolvido pela Arquidiocese de Santa Maria, através da Lei Rouanet. As apresentações acontecem sempre no terceiro domingo de cada mês após a celebração eucarística e a entrada é franca. A apresentação foi gravada e irá ao ar pela Rede Vida de Televisão no sábado, dia 30 de junho, ás 10h30min.

Franciele Volpatto

Assessoria de Comunicação do Projeto Cultural Medianeira Instrumental

 

Última modificação em Segunda, 18 Junho 2018 17:40