Sete pessoas são investigadas por ritual macabro que teria sacrificado crianças argentinas em Novo Hamburgo

Segunda, 08 Janeiro 2018 20:48 Publicado em NOTÍCIAS

A Polícia Civil divulgou, a segunda-feira, detalhes sobre o ritual de magia negra envolvendo as duas crianças que foram esquartejadas e tiveram partes dos corpos jogadas em uma estrada no bairro Lomba Grande, em Novo Hamburgo. De acordo com o delegado Moacir Fermino, da 2ª Delegacia de Homicídios da cidade, sete pessoas estão envolvidas no crime, considerado por ele "bárbaro, horrendo e terrível". Quatro estão presas, e outras três seguem foragidas.

Entre os suspeitos, quatro já estão presos e os outros três com prisão preventiva decretada. Ainda no dia 27 de dezembro, um "bruxo" que teria executado o ritual de sacrifício, foi preso pela Polícia Civil. Ele é renomado na área e já andou por todas as partes do mundo, segundo Fermino.

 

Entre os presos estaria um homem que teria encomendado o ritual em busca de prosperidade nos negócios e o filho dele, que teria participado de rituais no templo localizado em Gravataí. O quarto preso foi detido na sexta-feira. Há ainda três foragidos.

Fonte: CP