Dólar cai 2,35% e recua a R$ 3,76

Segunda, 08 Outubro 2018 22:24 Publicado em Internacional

A cotação da moeda norte-americana encerrou o primeiro pregão da semana com forte queda, apontando recuo de 2,35%, cotado a R$ 3,7662 para venda. O valor é o menor desde 8 de agosto, quando chegou a R$ 3,7658.

Otimismo dos indicadores financeiros refletem definição do segundo turno das eleições presidenciais que assinalam vantagem do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, sobre o adversário representante do PT, Fernando Haddad, além de o favorito ter conseguido eleger uma expressiva base aliada na Câmara, o que aumenta a estabilidade de um eventual governo reformista.  "Até as eleições, o mercado vinha operando com um otimismo contido, não querendo arriscar muito. Hoje, os investidores viram o cenário bem mais definido", disse Glauco Legat, analista da Spinelli Corretora, ao justificar o aumento brusco no volume de negócios.

O profissional, no entanto, afirma que o cenário ainda apresenta riscos, uma vez que não se sabe o quão agressivo o PT se mostrará na campanha do segundo turno. "Hoje o mercado viveu apenas o lado positivo, mas a volatilidade não foi afastada, porque ainda se espera um contra-ataque do PT", disse. 

Além disso, há toda a questão envolvendo um eventual governo Bolsonaro e as dúvidas em relação a questões como o relacionamento dele com o economista Paulo Guedes.  O Banco Central abriu a semana com os leilões tradicionais de swaps cambiais (equivalentes à venda de dólares no mercado futuro), sem ofertas extraordinárias de venda futura do dólar.

Pela manhã, o Ibovespa chegou à máxima de 87.333 pontos (+6,09%), no auge da euforia do mercado. Segundo operadores, as compras foram lideradas por investidores estrangeiros e, provavelmente, por fundos de ações, o que indica maior interesse no mercado por parte de investidores pessoa física. Essa tendência, aliás, já vinha sendo observada nos últimos dias.

Fatores técnicos também ajudaram a impulsionar o Ibovespa pela manhã, com investidores zerando posições de curto prazo. As ações do chamado "kit eleição" ou "kit Brasil" foram mais uma vez o destaque do dia. O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), fechou esta segunda-feira em alta de 4,57%, com 86.083 pontos, puxadas por uma valorização dos papéis da Petrobras que subiram 10,85%. O índice desta segunda-feira é a maior alta diária desde 2016.

Fonte: CP

Última modificação em Segunda, 08 Outubro 2018 22:27